13.7.14

Evanna Lynch fala sobre sua viagem às Filipinas, religião e a vida após Harry Potter em nova entrevista













A atriz Evanna Lynch, intérprete de Luna Lovegood na série Harry Potter, concedeu uma entrevista para o site irlandês ''Independent.ie'', abordando inúmeros assuntos, que foram de religião e alimentação à sua viagem para as Filipinas com a UNICEF - recentemente, o país foi devastado pelo tufão Haiyan.

"Aquela foi a coisa estranha", ela relembra o caminho para sua casa em Los Angeles. "Estas pessoas estavam vivendo em cabanas de lata, sem saneamento, mas eles tinham telefones com câmeras e sabiam insistentemente quem era 'Harry Potter'''.

Evanna também falou sobre sua vida pessoal após Harry Potter, as mudanças que vieram e seu passado conturbado.

Clique em Mais informações para a ler a entrevista selecionada na íntegra.



"Aquela foi a coisa estranha", ela relembra o caminho para sua casa em Los Angeles. "Estas pessoas estavam vivendo em cabanas de lata, sem saneamento, mas eles tinham telefones com câmeras e sabiam insistentemente quem era 'Harry Potter'.''

"Na viagem, eu queria aprender mais sobre o país e realmente sujar minhas mãos; mas eu descobri que estava tendo que ser uma celebridade. Eu pensei comigo mesma 'isso é tão inútil', e eu me senti um pouco como se eu fosse uma bimbo, pra ser honesta. Mas depois de um tempo, eu estava tipo 'supere isso. Estas pessoas querem esperança, e isto é o que as ajuda a longo prazo. O que eles querem é uma voz no mundo."
"Eu estou ciente da minha ignorância sobre países que sofreram desastres", ela diz, "Com frequência eu me pego sentindo pena de mim mesma e eu tenho que trabalhar muito para combater isso. Nada o força mais à gratidão do que estar num país atingido por um desastre. "

"Eu era estranha e excêntrica. E eu tinha muito medo das pessoas, o que de certa forma me bloqueou", ela diz, "Eu percebi que estava perdendo coisas na vida, sendo tão insegura e presa em meu próprio mundo." 

"Eu parei de ir à igreja alguns anos atrás, principalmente porque eu não concordo com as regras", ela relembra, "Eu não gosto de nada que seja sobre punir a si mesmo e fazer você sentir-se mal. E, crescendo, comecei a me sentir mal ao negar a mim mesma ou ao fazer qualquer coisa por diversão. Isto tem relação com um distúrbio alimentar: tudo se refere à privação, punição e auto flagelação. Encarar isso com amor e ser muito indulgente consigo mesmo é realmente importante. "

"Nós fomos informados de que isso pode ser tão bom quanto ele ganha, mas eu não queria acreditar nisso", Lynch ri, " Eu encontrei muitas pessoas incríveis, mas (trabalhando em Harry Potter) mas não me ensinaram muito sobre indústria, ou o quão difícil seria arranjar outro trabalho de ator. Eu não sabia, naquele tempo, que eu estava encontrando este grande produtor ou aquele conhecido diretor de elenco... eles eram apenas pessoas para mim."

Talvez a longa sombra de Luna Lovegood apareceu grande na sala de seleção de elenco: "Meu gerente estava me enviando para um monte de papéis convencionais estilo 'American's sweetheart', e eu pensei 'Caramba, eu não vou pegar esses papéis'. Eu sou uma atriz excêntrica, o que significa que não sou boa para muitas coisas", ela diz.

"Quando 'Monster Butler' caiu completamente no último minuto, eu fiquei com o coração partido por algumas semanas, mas essa foi minha primeira grande lição em Los Angeles", Lynch admite, "Eu me lembro de Jason (Isaac) dizendo para mim que ao mudar-se para Los Angeles, você tem que se certificar de que realmente quer isto", ela continua. "As pessoas não fazem favores para você aqui. [...] Existem tantas pessoas talentosas e ambiciosas aqui.''

"O engraçado é que eu venho dizendo que é mais fácil ter sucesso como professor de yôga em Los Angeles do que ter sucesso em Hollywood.", ela ri.

"J.K e eu ainda trocamos cartas.", Lynch revela, "Eu tenho feito isso desde que eu era garotinha e eu amo isso; nós não paramos". "Eu adoraria escrever livros", ela diz timidamente,

"Eu tenho tanto respeito por escritores, e eles estão fazendo a mais nobre coisa. Mas eu só tenho 22 anos, então eu não tenho certeza se já tenho muito sobre o que escrever."

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts