sábado, 20 de setembro de 2014

Volta às aulas, Semana de Orgulho das Casas e novo padrão para caldeirões



Foram dias atribulados e cheios de desgosto, tanto que não consegui postar regularmente nessa coluna desde então. Não que vocês mereçam ler o meu cotidiano maravilhoso, até porque isso não é da conta de vocês, mas tenho um compromisso para com este jornal/site.

Se você é enxerido como o Potter, clique em Mais Informações pra saber sobre o que não é da sua conta.

Volta às Aulas

Foram três semanas de aulas em Hogwarts e eu já quero um novo emprego. Ou melhor, quero férias daquele trio-maravilha da Grifinória.

Não fiquei satisfeito com o meu horário de aulas, a prof. McGonagall resolveu que eu deveria dar aulas no período da manhã e me faz interromper o meu sono de beleza e perfeição. Isso sem dizer que não consigo mais lavar o meu cabelo de manhã com meu xampú importado da Albânia com essência de hibiscos-libidinosos. O mau-humor já começa por aí.



Somado a isso tenho que suportar o esquecimento do Longbottom que parece ter um nível de Alzheimer mais grave que o meu, o senhor Finnigan com seu poder singular de catástrofes, explodindo caldeirões e espalhando misturas gosmentas que causam bolhas, reações urticantes e uma sujeira tamanha. Mas aqui se faz, aqui se paga. Eles terão de limpar toda a bagunça como castigo e ainda descontarei dez pontos da Grifinória.

Semana de Orgulho das Casas

Muita gente não deveria se orgulhar da casa a qual foi selecionado em Hogwarts. Contudo, é importante que cada insolente saiba que as casas foram fundadas juntamente com a Escola e que sua história não deve ser manchada por uma simples escolha inconsequente do Chapéu Seletor. Claro que a culpa não é do Chapéu, uma vez que ele nunca erra. A culpa é sua, insolente, que vive tão em cima do muro quanto a prof. McGonagall quando está transfigurada em gato.

Essa é mais uma semana daquelas em que os alunos são incentivados a mostrar que todos têm o seu valor e seu lugar em Hogwarts – embora eu pense que uns deveriam ser expulsos – por mais irrisórios que os valores sejam.

Nesta última sexta (19/09), comemoramos o dia do Orgulho Sonserino como forma de mostrar que a Sonserina sempre faz melhor.



Novo padrão para caldeirões

Na semana passada, o Senhor Percival Weasley lançou uma nova normativa para os fundos dos caldeirões utilizados durante o preparo de poções (finalmente saiu). É claro que já enviei uma coruja informando o tamanho de meu descontentamento com essa norma, que visivelmente é uma forma de cortar gastos nas indústrias produtoras de caldeirão – o Ministério tem o rabo preso com elas.



O que nos restou foi fazer uso de caldeirões fajutos, cujo fundo é fino demais para suportar a temperatura do fogo, com material que não apresenta resistência a ingredientes altamente corrosivos e quase descartáveis após o primeiro uso (tudo pra dar mais dinheiros pras indústrias). Eu realmente espero que o Ministério faça algo quanto a isso, pois a incompetência do senhor Weasley por trás dessa normativa está se tornando nítida aos olhos da comunidade bruxa.

Isso é tudo o que eu tenho a dizer, e espero que os trouxas – e alunos da Grifinória – não encontrem essa coluna. Passar bem.

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts