domingo, 1 de março de 2015

Evanna Lynch fala sobre seus projetos, algumas de suas experiências no WWHP e mais


Durante os dias 30 e 31 de janeiro e 01 de fevereiro, aconteceu n’O Mundo Mágico de Harry Potter, em Orlando, a terceira edição do “A Celebration of Harry Potter”. A equipe do Snitch Seeker estava presente e teve a oportunidade de entrevistar Evanna Lynch, uma das atrizes que compareceu ao evento.

Quando perguntada se ela já tinha ido ao “Harry Potter and the Escape From Gringotts”, uma atração do parque, Evanna respondeu que sim, e que havia adorado. “Foi ótimo. Fiquei realmente surpresa. Eu esperava que seria uma montanha russa, mas não imaginei que fosse uma combinação. Achei muito inteligente como eles incorporaram com o filme, onde eles tem Harry e Hermione pegando a Horcrux, e você fica perdido em Gringotes o tempo todo. Eu amei porque você pode assistir ao filme e associar. (...) Minha parte favorita foi aquela com o dragão, quando ele está cuspindo fogo e Gui está tipo: ‘Saiam daqui!’. Eu gostei do drama.”, disse a atriz.

Sobre seu novo trabalho em Dinamite, Evanna afirmou que as doações para a pós-produção do longa estão bem encaminhadas, e explica o motivo pelo qual o dinheiro está sendo requisitado: “É porque o filme tem um orçamento muito baixo. Foi filmado em três semanas. Tate, o diretor, é conhecido como um artista de efeitos especiais, e ele é completamente perfeccionista. Ele estava em “Faceoff” – várias pessoas o conhecem de lá – e trabalhou em Spiderman, então ele está tentando fazer esses efeitos técnicos incrivelmente complicados com o orçamento errado. Então, as doações são para isso. É para a pós-produção deixar tudo nos ajustes”.

Evanna também conversou sobre seu outro filme, “My Name is Emily”, que também está em fase de pós-produção. “Foi meu primeiro trabalho na Irlanda, o que é muito especial pra mim, porque sou irlandesa, mas nunca fiz  nada lá. Eu sempre pensei: ‘Ah, todas as coisas legais acontecem  fora’. Foi fascinante criar conexões com a indústria cinematográfica irlandesa.”

Sobre o parque de Harry Potter que está sendo feito em Hollywood, Evanna disse que gostaria de ver um passeio de testrálios, ou algo parecido.

Quando questionada sobre a ideia de Luna ser vegetariana, Evanna afirmou que não vê como ela não poderia ser dessa forma: “Ela não quer machucar ninguém. Ela apenas quer deixar o que é vivo respirar, e ser ele mesmo. Essa é a essência de Luna.(...) Eu não acho que ela aprovaria ver algum tipo de escravização – e eu penso que animais criados para virar comida e medicados dessa maneira é uma forma de escravidão. Não acho que ela gostaria de comer algo que tenha sofrido. Luna é uma pessoa muito espiritual e sensível à energia das pessoas.

Evanna, que acabou de tornar-se vegana, explicou que esse processo é lento, e feito passo a passo. “Estou passando por essa transição há dois anos. Estou aprendendo. (...) Eu assisti a um documentário, Vegucated, e há um trecho perfeito sobre como ser vegano não é tentar ser perfeito, mas tentar minimizar o sofrimento ... como qualquer coisa que você pode fazer. E eu acho que é algo que eu posso fazer.”

Você pode assistir ao vídeo da entrevista clicando aqui.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts