domingo, 25 de outubro de 2015

Entrevista do Pottermore com John Tiffany e Jack Thorne, diretor e escritor da peça Harry Potter and the Cursed Child!


John Tiffany e Jack Thorne, diretor e escritor da peça Harry Potter and the Cursed Child, respectivamente, falaram com o Correspondente Pottermore sobre trazer a oitava história do Harry para os palcos, comentando sobre o processo e muito mais! O site liberou a primeira parte da entrevista hoje e a próxima irá sair dia 27 desse mês. Leia a tradução dessa primeira parte da entrevista abaixo!

John Tiffany e Jack Thorne falam com o Correspondente Pottermore sobre trazer Harry para os palcos com a mesma escala épica dos livros e filmes. 


Meu telefone toca. Eu deixo o ringtone de Harry Potter tocar por uns dois toques antes de atender, só para estabelecer o clima.

"Olá, é o John." vem de uma voz amável e ritmada.

É o John Tiffany. O diretor premiado que atualmente está trabalhando em Harry Potter and the Cursed Child. Ele esteve em oficinas para a peça o dia todo. É noite quando ele me liga e há uma felicidade cansada em sua voz.

"Em todos os meus anos trabalhando no teatro, eu nunca experienciei nada assim..." ele diz.

"O que estamos fazendo aqui é trazer a maior franquia literária que o mundo já viu para o teatro e isso é... Bem, as pessoas estão tão entusiasmadas com isso. Eu estou ciente da necessidade de trazer aos fãs o que eles amam, fazendo justiça a essa história e explorando o psicológico de um Harry Potter crescido, com a mesma escala épica dos livros e filmes, mas de uma forma diferente."

Esse é um homem com os prêmios Tony, Olivier, Drama Desk e Obie em sua lareira e ainda assim, no telefone agora, o que eu mais ouço é um encantado fã de Harry Potter mergulhado em um projeto com o qual ele se importa profundamente.

"Jack foi embora e voltou com as primeiras quarenta páginas. O grande acontecimento tinha ocorrido. Ele tinha escrito diálogos para os personagens da Jo e eles soavam como eles mesmo. Ele os tinha trazido de volta. Eu mal consigo te contar como foi ver isso."

O Jack, com o qual J.K. Rowling confiou Harry, é o escritor Jack Thorne, que, além de ser um artesão de palavras de primeira classe, é um grande fã de Harry Potter. Quando ele liga, fica aliviado de poder falar sobre a produção com alguém novo. Eu sei disso porque ele me diz.

"É um alivio falar sobre a peça com alguém novo." Jack diz com um grande entusiamo contagiante, eu sorrio com sua óbvia felicidade de forma tão forte que meu rosto dói um pouco.

"Algumas vezes eu não consigo acreditar; a ideia que nós escrevemos a oitava história de Harry Potter. O tempo todo, eu senti essa grande responsabilidade em relação às sete histórias anteriores. Teatro é bem diferente do cinema; nós tivemos que encontrar nosso próprio jeito de abordar a história. Nós estamos começando a ver tudo se juntar nas oficinas (workshops) agora e é maravilhoso." Ele diz.

Se Jack e John estão tão animados agora, imagine o quanto isso irá aumentar quando nos aproximarmos da hora do show...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts