18.1.16

Pottermore: 13 momentos que comprovam que Luna é tão sã quanto você e eu



Recentemente, o Pottermore fez uma postagem em homenagem à Luna Lovegood relembrando alguns de seus atos mais nobres. Hoje, 18 de janeiro, o correspondente do site voltou a falar da garota, listando os 13 momentos que comprovam que ela é tão sã quanto qualquer outra pessoa. Você confere a nossa tradução a seguir.

__________________________________________________________________


Apenas algumas das coisas inesperadamente inteligentes ou totalmente sensatas que Luna diz (mesmo insistindo em falar sobre o Bufador de Chifre Enrugado).

Ela pode pendurar rabanetes em suas orelhas ou ficar com os olhos vidrados quando fala sobre a mais recente teoria de seu pai, mas Luna Lovegood tem muito mais entre suas orelhas do que seus brincos de vegetal possam sugerir.

As pessoas chamam-na de "Di-Lua" Lovegood devido à sua excentricidade, mas apesar de não piscar tantas vezes quanto um ser humano normal, ela certamente não é uma lunática e seu status enquanto Corvina ressalta sua sabedoria.

Usar óculos para ver zonzóbulos, pilotar Testrálios, comentar jogos de Quadribol - seja o que for, ela faz de maneira única e especial.

Nós não podemos acreditar que tivemos que esperar até Ordem da Fênix para que Luna entrasse em nossas vidas, mas ficamos muito gratos pela maneira como ela se apresentou, tornando-se uma das mais fiéis defensoras de Harry e fazendo parte da Armada de Dumbledore. Ela também teve um papel muito importante na busca pelas últimas Horcruxes, durante a Batalha de Hogwarts. 

Hermione talvez suspeitasse que Luna só acreditava em algo quando não havia provas sobre tal, mas mesmo o bruxo mais inteligente pode enganar-se as vezes. 

É fato que Luna tem uma aptidão para ser inoportunamente honesta e para repetir as teorias polêmicas que a revista de seu pai, O Pasquim, publica. Assim como Dumbledore, ela tem uma personalidade de destaque.

Aqui estão alguns de nossos momentos favoritos de Luna, que evidenciam sua mente brilhante por trás de toda a extravagância. 


Quando ela ajudou Harry a produzir um patrono durante a batalha de hogwarts

"Está certo" disse Luna corajosamente, como se eles estivessem de volta à Sala Precisa e isso fosse uma simples prática de feitiços para a A.D., "Está certo, Harry... Pense em algo feliz..."
"Algo feliz?" sua voz rouca.
"Ainda estamos todos aqui" ela sussurrou, "ainda estamos lutando. Vamos, agora..."
Houve uma pequena centelha, uma luz ondulante e então com o maior esforço que ele poderia ter feito, o veado saiu da ponta da varinha de Harry. 
Quando ela ajudou Harry a encontrar uma das Horcruxes

"Bom, tem o diadema perdido. Eu te contei sobre isso, lembra, Harry? O diadema perdido de Corvinal? Papai está tentando duplicá-lo."
"Sim, mas o diadema perdido," disse Michael Corner, revirando seus olhos, "está PERDIDO, Luna. Essa é a questão."
Quando ela falou sobre dor e perda

- Morreu - disse Luna com simplicidade -, minha mãe. Era uma bruxa extraordinária, entende, mas gostava de fazer experiências e um dos seus feitiços um dia deu errado. Eu tinha nove anos.
- Lamento. - murmurou Harry.
- É, foi horrível - disse Luna informalmente. - Eu me sinto muito triste às vezes. Mas ainda tenho meu pai. De qualquer jeito, ainda vou rever minha mãe um dia, não é?
- Ah… não é? - concordou Harry, inseguro.
Luna se afastou e, ao acompanhá-la com o olhar, ele achou que o terrível peso em seu estômago diminuíra um pouco.
Quando ela viu zonzóbulos

– Foi atacado por um zonzóbulo? – perguntou Luna gentilmente, observando Harry através
de seus enormes Espectrocs multicoloridos.
– Eu... fui o quê?
– Um zonzóbulo... são invisíveis, entram pelos ouvidos e baralham o cérebro da gente –
explicou ela. – Pensei ter pressentido um voando por aqui.
Quando ela conseguiu enxergar além da Poção Polissuco

- Olá, Harry – ela disse.
- Er… meu nome é Barny – respondeu ele, corando.
- Oh, você mudou isso também? – ela respondeu, com os olhos brilhando.
- Como você sabia...?
- Oh, só pela sua expressão – ela disse. 

Quando ela definiu Rony em uma frase

- Ele às vezes diz coisas engraçadas, não? Disse Luna quando partiram juntos ao corredor. Mas ele pode ser um pouco indelicado. Eu notei ano passado. 
Quando ela falou por todos no funeral de Dobby

“Dobby, muitíssimo obrigada por me resgatar daquele porão. É tão injusto que você teve que morrer quando você sempre foi tão bravo e bom. Sempre lembrarei o que você fez por nós. Espero que você esteja feliz agora”. 
Quando ela ajudou Harry após a Batalha de Hogwarts

Depois de um tempo, exausto e exaurido, Harry estava sentado em um banco do lado de Luna.
"Eu quero alguma paz e silencia, se você está estiver aqui comigo," ela disse.
"Eu adoraria algum," ele respondeu
"Eu vou distraí-los" ela disse, "Use sua capa."
E antes que ele dissesse uma palavra ela gritou, "Ohh, olhem, um Blibbering Humdinger!” e apontou para janela. 
Quando ela deu conselhos à Rony acerca do Baile de Inverno

- Ela não gostou muito - informou Luna. - Ela acha que você não a tratou muito bem, porque você não dançou com ela. Eu não penso que teria me importado - disse pensativa. - Eu não gosto muito de dançar.
Quando ela não se abateu por perder seus pertences

- Por que é que você não está no banquete? - perguntou Harry.
- Bom, perdi a maior parte dos meus pertences - disse Luna serenamente. - As pessoas os apanham e escondem, entende. Mas como é a última noite, eu realmente preciso deles, então estou pregando avisos.
Quando ela mostrou que estava preparada para qualquer coisa

"Eu nunca estive desse lado do castelo. Ao menos não acordada. Eu sou sonâmbula e é por isso que uso sapatos para dormir."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts