sexta-feira, 15 de julho de 2016

Os 5 motivos mais estranhos pelos quais os alunos de Hogwarts perderam pontos da Casa


Como sabemos, Hogwarts possui uma disputa entre as Casas, com um sistema de pontuação em que os alunos podem ganhar pontos por responderem perguntas corretamente, ajudarem os outros em certas ocasiões, etc., ou perder por mau comportamento, subversão de regras, entre outros exemplos. Entretanto, nem sempre é assim e, para nos provar isso, o Pottermore nos listou algumas situações estranhas em que os alunos perderam pontos. Confira a nossa tradução.

EVENTO DE LANÇAMENTO DE CURSED CHILD NO RJ, EM 30 DE JULHO
__________________________________________________________________

Pontos para Casa em Hogwarts são uma forma de manter a ordem entre os alunos, além de estimular o senso de orgulho pela sua própria Casa. Infelizmente, de vez em quando, alguns autorizados a distribuir pontos deixam o poder subir à cabeça (Cof, cof, Malfoy...)

1. Porque Hermione era inteligente demais

Você deve ter admitido que conhecer uma enorme quantidade de assuntos do mundo mágico é uma coisa boa. Infelizmente, não quando você é Hermione, e certamente não quando seu impecável conhecimento contradiz os insultos do Professor Snape... 
          – Ora, ora, ora, nunca pensei que um dia encontraria uma turma de terceiro ano que não soubesse reconhecer um lobisomem quando o visse. Vou fazer questão de informar ao Prof. Dumbledore que vocês estão atrasados...
          – Professor, por favor – tornou a pedir Hermione, cuja mão continuava erguida –, o lobisomem se diferencia do lobo verdadeiro por pequenos detalhes. O focinho do lobisomem... 
          – Esta é a segunda vez que a senhorita fala sem ser convidada – disse Snape friamente. – Menos cinco pontos para a Grifinória por ter uma intragável sabe-tudo. 
Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban 

2. Porque Harry não foi punido o suficiente...

Depois de um caridoso número de noites em detenção com a Professora Umbridge, é justo dizer que as punições não transformaram Harry num calmo membro da sociedade bruxa. Agradecidamente, Professora McGonnagal tinha um truque para isso: esfregar sal na ferida.

          – Potter, você precisa se controlar! Você está caminhando para uma séria encrenca! Menos cinco ponto para a Grifinória outra vez! 
          – Mas... quê... professora, não! – exclamou Harry, indignado com a injustiça. – Já estou sendo castigado por ela. Por que a senhora precisa nos tirar pontos também?
          – Porque as detenções parecem não produzir o menor efeito em você! – respondeu a professora, azeda. 
Harry Potter e a Ordem da Fênix 

3. Porque Malfoy apenas tinha coração demais

Se você tivesse ganhado um Sicle toda vez que o Professor Snape houvesse tirado pontos de Harry, Rony e Hermione, por pura mesquinhez, você provavelmente teria dinheiro suficiente para um par de Firebolts e um prato de almoço na Casa de Chá de Madame Puddifoot. Contudo, na ocasião, talvez o Professor tivesse uma boa razão.

          Malfoy passou a maior parte da aula seguinte de Poções, a que assistiram juntos na masmorra, fazendo imitações dos dementadores; Rony finalmente se descontrolou e atirou um enorme e gosmento coração de crocodilo em Malfoy, que o atingiu no rosto, o que fez Snape descontar cinquenta pontos da Grifinória. 
Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban 

4. Por causa do método não-ortodoxo de Rony detectar fantasmas

Quando o Professor Snape finalmente assumiu o cargo de professor de Defesa Contra as Artes das Trevas, ele rapidamente encontrou algo mais do qual precisava se defender: os regressos de Rony.

          – Um Inferius é um morto que foi reanimado por um feitiço das Trevas. Não está vivo, é meramente usado como uma marionete para cumprir as ordens do bruxo. Um fantasma, como espero que a esta altura todos já saibam, é uma impressão deixada por um morto na terra... e é claro, como diz Potter tão sabiamente, é transparente.

          – Bem, o que Harry disse é muito útil para diferenciarmos os dois! – comentou Rony. – Quando nos defrontarmos com uma aparição em um beco escuro, vamos olhar depressa para ver se é sólido, não é, vamos perguntar: "Com licença, o senhor é uma impressão deixada por uma alma que partiu?"
          – Uma onda de risos percorreu a sala, mas foi imediatamente paralisada pelo olhar que Snape lançou à turma. 
          – Outros dez pontos a menos para a Grifinória – disse o professor.
Harry Potter e o Enigma do Príncipe

5. Porque Malfoy estava no comando

Quando a Professora Umbridge deu a Draco Malfoy o direito a distribuir e retirar pontos dos alunos, o resultado pareceu um convite a um dragão para adentrar a sua nova cabine de madeira.

          – Brigada Inquisitorial, Granger – disse Malfoy, apontando pra um minúsculo "I" no peito, logo abaixo do distintivo de monitor. – Um grupo seleto de estudantes que apoia o Ministério da Magia, escolhidos a dedo pela Profª Umbridge. Em todo caso, os membros da Brigada Inquisitorial têm o poder de tirar pontos... então, Granger, vou tirar cinco de você por ter sido grosseira com nossa nova diretora. do Macmillan, cinco por me contradizer. E cinco porque não gosto de você, Potter. Weasley, a sua camisa está pra fora, por isso vou ter que tirar mais cinco. Ah, é, me esqueci, e você é uma Sangue ruim, Granger, então menos dez pontos por isso.
Harry Potter e a Ordem da Fênix

Tradução: Clarissa Magalhães
Revisão: Henrique Scheffer

2 comentários:

  1. O da Malfoy foi o melhor: ''Porque ele tinha coração de mais''

    ResponderExcluir
  2. O da Malfoy foi o melhor: ''Porque ele tinha coração de mais''

    ResponderExcluir

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts