18.9.16

Assista ao vídeo: J.K. Rowling fala sobre a Lumos em entrevista ao vivo















Na  tarde de sábado (17/09), J.K. Rowling participou de uma conversa com a apresentadora e escritora Lauren Laverne em uma ação pela Lumos, organização sem fins lucrativos que a autora fundou em 2005. A entrevista foi transmitida ao vivo pela página oficial do facebook da Lumos, mas em caso de você não ter conseguido assistir, confira abaixo as principais ideias apontadas durante a conversa.


J.K. frisou que a maioria das crianças (cerca de 80%) que vivem em orfanatos e instituições ainda possuem suas famílias, que as colocaram ali por falta de condições financeiras para criá-las e educá-las. Ela mostrou também dados de um estudo russo que mostra que jovens e crianças que cresceram em instituições possuem uma tendência maior ao crime, prostituição e suicídio. A Lumos viria então como a resposta para esse problema, viabilizando às instituições o que é necessário para retornar com as crianças às suas próprias famílias.


A autora falou ainda sobre a questão do trabalho voluntário em orfanatos e instituições do ramo, afirmando que “eles não produzem bem nenhum (...) mesmo com as melhores intenções com que são feitos”. Recentemente, a autora fez um série de tweets em sua conta do Twitter, a respeito de uma instituição que a havia pedido divulgação para seu trabalho voluntariado. Jô afirmou que a Lumos é contra o voluntariarismo nesses lugares, por eles promoverem mais o lucro da instituição do que o bem às crianças. Ela aconselha aos jovens que desejam praticar trabalho voluntário em orfanatos a pesquisarem sobre a instituição primeiro, e dessa forma, poderem evitar a perpetuação desse sistema.

O evento deu a oportunidade aos fãs de enviar perguntas, que poderiam ser selecionadas e lidas durante a conversa. A questão trazida pelo fã escolhido dizia a respeito das crianças em orfanatos que são, de fato, órfãs, e o que a Lumos poderia fazer por elas. J.K. respondeu que a solução seria um programa de adoção, de acordo com as necessidades de cada criança e país.

Quando questionada sobre o os potterheads, Jô alegou estar orgulhosa do apoio e entusiamo que recebe do fandom: “Eles são extraordinários. Eu nunca ouvi falar de um fandom que é tão engajado, eles são um fandom realmente muito ativo, e eu sou imensamente orgulhosa disso”, disse.

Até os dias atuais, a Lumos já conseguiu com que 70 mil crianças saíssem das instituições, e impediu que 15 mil fossem institucionalizadas. Todo o lucro da organização é direcionado ao trabalho com famílias, na forma de programas ou tratamentos médicos, por exemplo. Se você ficou interessado, pode descobrir mais sobre a Lumos aqui. J.K. Rowling terminou a entrevista com um convite a todos, para que cada um faça a sua parte: “Faça o melhor que puder, onde estiver, com o que você tem”.

A entrevista foi o início da campanha We Are Lumos Worldwide. Confira outras atividades da mesma clicando aqui.

Você pode assistir ao vídeo completo aqui:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts