terça-feira, 20 de dezembro de 2016

As diferenças entre um Natal Trouxa e um Natal Bruxo


O Pottermore publicou um novo conteúdo especial: no clima natalino, hora de compararmos a festa dos bruxos com a dos trouxas! Divirta-se com a leitura a seguir, via tradução de Isabel Dain

Para não perder outras traduções especialíssimas e notícias do universo de Harry Potter, incluindo Animais Fantásticos e Cursed Child, acompanhe o OPD em nossas redes sociais (TwitterFacebook, Instagram Youtube).

Leia:

As diferenças entre um Natal Trouxa e um Natal Bruxo

Todos os Natais são mágicos, mas os Natais Bruxos são um pouco mais mágicos que a maioria...



Seja você um trouxa assando um peru ou um bruxo assistindo o molho mexendo sozinho, o Natal é uma época mágica. Ainda assim, naturalmente, Natais bruxos tendem a ser um pouco mais mágicos que os outros, abrangendo todos os tipos de pequenas mudanças nas nossas tradições familiares preferidas. É o bastante para fazer você querer jogar suas luzes de Natal bobas e sem graça no lixo. Afinal, de que adianta, se elas não são, na verdade, fadinhas reais batendo as asinhas?

Comida



Um jantar de Natal bruxo não é muito diferente de um jantar de Natal trouxa. O banquete de Natal de Hogwarts normalmente inclui uma avalanche de perus e pudins de Natal flamejantes e mesmo o bruxo mais poderoso não será capaz de resistir e não dormir depois. Mas há alguns detalhes mágicos com os quais os trouxas infelizmente não podem competir.

O principal é que há meios mágicos de repor a comida, o que significa que o jantar de Natal nunca precisa acabar. Imagine o milagre de ter vinho que nunca acaba, por exemplo. Pondo de lado as coisas mágicas, bruxos também gostam de dar seu próprio toque na antiga tradição trouxa de esconder uma moedinha na sobremesa de Natal, como demonstrado por Percy, que quase engasgou com o Sicle escondido na sua.

Presentes



Considerando que bruxos são bruxos, seus presentes de Natal são um pouco mais mágicos que os da maioria das outras pessoas. Harry, por exemplo, experimentou as delícias dos dois mundos, indo de palitos de dentes e moedas de 50 centavos, vindos dos Dursleys, a capas da invisibilidade, Firebols e canivetes mágicos.

Há alguns presentes, entretanto, que são apenas ligeiramente diferentes daqueles dos trouxas. Bruxos, por exemplo, também recebem presentes como doces, meias e suéteres – mas eles são casualmente decorados com Pomos e Rabos-córneos Húngaros e os doces são normalmente sapos de chocolate ou uma caixa de Feijõezinhos de todos os sabores de Bertie Botts.

Tradições



Muitas das tradições natalinas dos bruxos são muito parecidas com as dos trouxas. Há gemadas, beijos em baixo do visco e até canções de natal, mas no mundo mágico é mais provável que elas sejam cantadas por um meio gigante bêbado ou uma armadura encantada.






































Há algumas pequenas tradições que alguns bruxos específicos adotaram, no entanto: a Sra. Weasley adora ouvir a rádiotransmissão natalina de sua cantora preferida, Celestina Warbeck, enquanto Harry e seus amigos preferem uma partida de xadrez bruxo ou algumas rodadas de Snap Explosivo.

E não vamos nos esquecer das festas de Natal do Slughorn - não que algum de nós vá ser convidado algum dia. Além disso, Natais trouxas e bruxos são consideravelmente parecidos, embora tenhamos certeza de que Natais bruxos não incluem maratonas dos filmes de Harry Potter...

Decorações



Embora alguns de nós exagerem nas decorações natalinas, nossas pequenas luzinhas serão sempre pálidas em comparação com o Salão Principal de Hogwarts durante o Natal.

Enquanto os trouxas fazem um enorme esforço para levar uma única árvore de Natal pra casa (NT: aqueles que têm a oportunidade de ter um pinheiro verdadeiro), o Salão Principal normalmente exibe doze árvores enormes, todas impecavelmente adornadas com velas, azevinhos e até “corujas douradas verdadeiras piando”. Adicione pingentes de gelo que nunca derretem, luzes de natal que são, na verdade, fadas, e neve encantada caindo do teto e mesmo nossas impressionantes árvores de Natal com esquemas de cores não chegam nem perto. 

Não vamos nos esquecer das aparentemente incríveis bombinhas de bruxo, que explodem de maneira extravagante, revelando coisas como camundongos vivos e chapéus diferentes. Não são estamos falando de frágeis coroas de papel que rasgam assim que as colocamos – nós estamos falando de chapéus de almirante verdadeiros.

Enquanto isso, fora de Hogwarts, sabe-se que Fred e George Weasley fizeram experiências com técnicas de decoração não muito ortodoxas. Enquanto os trouxas têm o hábito de colocar estrelas ou anjos nos topos de suas árvores de natal, os gêmeos optaram por adornar a deles com um gnomo pintado de dourado vestindo um tutu. É bom pensar além do óbvio às vezes.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts