sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

No Caldeirão da Nikki: sobremesa de muitos nomes


A espera pela nova receita da nossa correspondente vai valer não só a pena como uma coruja inteira. Dessa vez, ela vai trazer uma sobremesa muito apreciada por um personagem bem importante. Estão curiosos? Vamos conferir ! 


– Torta de caramelo, Mione! – exclamou Rony, abanando intencionalmente o cheiro da sobremesa para os lados da amiga. – Pudim de groselhas, olha! Bolo de chocolate recheado! Mas Hermione lhe lançou um olhar tão parecido com o que a Profª Minerva costumava dar que o garoto desistiu.
Harry Potter e o Cálice de Fogo

"Oi, gente!!
Como eu falei lá no meu Facebook, semana passada TODOS os professores mandaram a gente escrever páginas e mais paginas de pergaminho! Por isso a receita ta saindo hoje, o que significa que recomeçamos a contagem e a próxima sai daqui a 4 semanas, ok?

Ontem eu dei uma dica lá na rede social sobre a receita de hoje: um dos meus tios estava ansioso por ela! Mas como eu tenho muitos tios, acho que não ajudou muito, né? Hehehe A receita de hoje é da sobremesa preferida do tio Harry. Alguém sabe qual é?
Por aqui a gente chama de “treacle tart”. Eu ouvi dizer que no Brasil tem vários nomes, mas não consegui escolher um... Tem gente que chama de tartelete de melaço, mas eu acho que tarteletes são pequenininhas e essa não é; tem gente que chama de torta, mas ouvi dizer que a torta de vocês é uma espécie de bolo e tem gente que chama de tortinhas de caramelo, mas esse recheio não é exatamente caramelo . Então acho que cada um pode chamar do que quiser, o importante é fazer e comer!

Do que precisa:
- 225g de farinha de trigo sem fermento
- 100g de manteiga ou margarina resfriada (não pode ser derretida nem muito mole)
- 1 pitada de sal
- 2 limões – suco e raspas
- 400ml de “xarope dourado” – esse ingrediente é bem comum por aqui, mas parece que no Brasil não tem. Andei me informando e achei dois substitutos: melado de cana e karo. O pessoal do OPD me enviou um pote de melado pra eu testar e ficou ótima a receita, mas quem quiser, tenta com karo e depois conta como ficou!
- 150g de farinha de rosca fresca  (o vô Arthur disse que tem da fresca em um lugar que os trouxas chamam de padaria)
- assadeira, pote para misturar os ingredientes, colher ou espátula, ralador, uma panela, papel filme/pvc e algo para abrir a massa (rolo ou, como eu ensinei na outra receita, garrafa de água)

Como preparar:
Vamos começar pela massa. Coloquem a farinha de trigo no pote para misturar, cortem a manteiga ou margarina em cubos e coloquem no mesmo pote. Misturem os dois ingredientes com as pontas dos dedos. Vocês vão criar uma espécie de massa esfarelada; a manteiga/margarina vai criar uns grãozinhos de farinha maiores.  

Coloquem uma pitada de sal e misturem tudo (pode ser com uma colher ou espátula mesmo).  Agora coloquem duas colheres de sopa de água e voltem a misturar a massa com as mãos. A massa precisa ficar uniforme, homogênea. Se não ficar, coloquem mais água, uma colher de cada vez. Muito cuidado para não molhar demais e ficar grudenta; coloquem a água bem aos poucos e amassem bastante antes de pôr mais.

Dica da Nikki: se vocês colocarem um pouco mais de água do que precisa e a massa ficar grudenta, é só pôr mais um pouquinho de farinha. Mas se a massa molhar demais vai acabar estragando, então tomem cuidado.

Massa pronta! É só embrulhar com papel filme e colocar na geladeira.
Agora é hora do recheio! Basta aquecer o melado ou o karo em uma panela em fogo baixo, pra não deixar ferver. Depois disso, acrescentem a farinha de rosca, o suco de limão e as raspas e misturem tudo bem devagar, ainda com a panela no fogo.  Quando a farinha e o melado estiverem bem misturadinhos é importante prestar atenção: se a mistura estiver muito líquida vai ser preciso colocar mais farinha de rosca. Nunca coloquem a farinha extra em grande quantidade! Coloquem aos poucos para não ficar grosso demais. O importante é que a mistura não esteja completamente líquida. (Eu gosto quando ela começa a soltar do fundo, que nem ponto de brigadeiro). Recheio pronto!

 Enquanto a mistura esfria um pouquinho, coloquem o forno pra pré-aquecer em temperatura baixa e peguem a massa na geladeira. Hora de abrir!
Dica da Nikki: se vocês cobrirem uma superfície com papel filme, depois espalharem um pouquinho de farinha, apoiarem a massa e colocarem mais um pedaço de papel filme em cima, fica muito mais fácil abrir, porque aí a massa não gruda na superfície nem no rolo.
  
Vamos abrir a massa! É importante que o tamanho dela aberta seja um pouco maior que o da assadeira que vocês estiverem usando, porque vocês vão dobrar as pontas da massa pra cima, pra fazer as laterais. Eu recomendo uma assadeira de uns 2 ou 3 dedos de profundidade e não muito grande, pra não faltar massa pra forrar.
Depois de abrirem a massa e forrarem a assadeira com ela, façam uns furinhos no fundo, pra que a massa não suba quando for ao forno. Agora é só espalhar o recheio! Aumentem o forno pra fogo médio, coloquem a assadeira e deixem 5 minutinhos. Depois basta abaixar o fogo outra vez, deixar mais 25 minutos e tudo pronto!

 Vocês podem comer quente ou fria. Eu gosto de deixar esfriar, mas o tio Harry é ansioso e quando eu faço ele não espera muito não!

Espero que gostem! Não esqueçam de dizer o que acharam e de nos contar quando fizerem! 

Beijinhos da Nikki!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts