Pages

Os 20 anos de história de Harry Potter no Brasil

Jim Kay-Rocco/Reprodução

Nem parece, mas neste ano de 2020 faz 20 anos desde que o primeiro exemplar de Harry Potter e a Pedra Filosofal foi publicado pela Rocco em 2000. Rejeitado por editoras do Reino Unido – e até aqui do Brasil – chegou tímido em abril de 2000, mas não demorou muito para começar a construir a marca que era destinada a saga que, segundo estimativas, chega a 5 milhões de cópias vendidas desde seu lançamento até hoje no Brasil. Em matéria publicada no portal Terra, Cida Saldanha, mais antiga vendedora da Livraria da Vila, contou que gostou do agito da loja na época e que Harry Potter trouxe a leitura às idades que antes não tinham o costume de ler. Completa ainda que todos os dias, livros eram vendidos a mais variadas faixas etárias.
Harry Potter foi especialmente legal porque despertou a vontade de ler em uma faixa etária que não se interessava muito por livros. As crianças menores, de 5, 6 anos, leem muito. Depois, há uma quebra. Harry Potter mudou isso.”

Na mesma matéria, Paulo Rocco, dono da Editora Rocco, declarou que a história d’O Menino que Sobreviveu quebrou o paradigma de que “jovem não lê”:

“Ela (J.K. Rowling) quebrou o paradigma de que jovem não lê. O mundo todo tem essa dívida com ela. Existe o antes e o depois de Harry Potter”

Quem deu declaração parecida em 1 de janeiro de 2019, em seu Twitter, foi Rick Riordan, autor de Percy Jackson e os Olimpianos:

Uma nota rápida sobre alguns comentários que recentemente foram apontados para mim: não serve de nenhum propósito comparar qualquer autor. Inclusive eu, a J.K. Rowling. Ela está numa categoria sozinha. Seu impacto global, sucesso e popularidade, são únicos na história da publicação. E com razão. Não vamos esquecer que J.K. abriu as comportas para inúmeros outros autores de YA que vieram depois dela, inclusive eu. Ela provou aos editores que Literatura Infantil poderia vender. Por isso e por suas histórias maravilhosas, sempre serei grato. Sem Harry Potter, não haveria Percy Jackson.”

Nestes 20 anos, muitas diferentes edições dos livros foram publicadas. Confira abaixo, todas as publicações diretamente relacionadas a Harry Potter feitas no Brasil. Não estão inclusas os famosos guias e “wikipédias”, publicados pela Panini e Galera Record, que somam mais de 15 publicações.

A versão clássica, com as artes das capas feitas por Mary GrandPré, de brochura e o logotipo “Harry Potter” com material cintilante, lançada de 2000 a 2007.

Reprodução/LA County Library


Essa edição de capa branca foi lançada em 2012 e posteriormente em 2016, reunida num box.

Reprodução

Em 2016 foi lançada essa edição com renovação das artes de capa por Kazu Kibuishi e Mary GrandPré, com um box onde as lambadas juntas, formam uma ilustração de Hogwarts. 

Divulgação/Livraria Leitura

 
Também em 2016, com o lançamento de “Harry Potter e a Criança Amaldiçoada” no palco do Palace Theatre em Londres, foi publicado o roteiro da peça no Brasil. Houve diversos eventos de lançamento, com aberturas das caixas à meia-noite.

Divulgação

Em 2017, completou 20 anos da primeira publicação de Harry Potter da história, no Reino Unido. Por isso, uma edição com box foi lançada, vendida exclusivamente pela Amazon. 

Reprodução


No mesmo ano, a editora Rocco atendeu a um pedido antigo dos leitores e lançou toda a série em capa dura e ilustrações minimalistas inéditas de capa.

Divulgação

Biblioteca de Hogwarts


Em 2001 foram lançados Animais Fantásticos e Onde Habitam e Quadribol Através dos Séculos. Em 2008, foi lançado pela Rocco, Os Contos de Beedle, o Bardo.


Reprodução
Reunidos em um box, novas ilustrações na capa dura, a editora lançou, em 2017, a Biblioteca de Hogwarts.


Divulgação
Animais Fantásticos e Onde Habitam ganhou, em 2017, sua versão ilustrada de capa dura por Emily Gravett.


Divulgação

As lindas edições ilustradas de Harry Potter


Desde 2016, temos o incrível trabalho de Jim Kay, com as edições ilustradas de Harry Potter em capa dura e material premium. Atualmente, foram lançados os volumes até Cálice de Fogo.

Reprodução

Animais Fantásticos


Assim como Criança Amaldiçoada, os filmes da franquia Animais Fantásticos tiverem seu roteiro original publicado em forma de livro cuja arte de capa foram feitas pela MinaLima, do brasileiro Eduardo Lima e da Miraphora Mina.

Reprodução

No ano do aniversário de 20 anos


A Rocco preparou lindas edições, com lançamento para 30 de abril, que podem ser adquiridas avulsas ou em um box de luxo, para comemorar o aniversário. Com capa dura, fitilho como marca página e ilustrações feitas por Brian Selznick, que se postas lado a lado na ordem, formam uma única arte. Para mais detalhes, clique aqui.

Reprodução

O que ainda vem por aí em 2020…


Chegam ainda em 2020, segundo a editora Rocco, para enriquecer ainda mais o catálogo de publicações do Mundo Bruxo no Brasil:

A edição ilustrada por Emily Gravett, de Quadribol Através dos Séculos. Abaixo, capa britânica e americana, respectivamente. Mais detalhes da edição aqui.

Reprodução

E a edição ilustrada de Harry Potter e a Pedra Filosofal, dessa vez feita pela MinaLima. Os detalhes você confere aqui.

 
Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário