quarta-feira, 26 de novembro de 2014

J.K. Rowling e Lumos lançam campanha interativa, ajude e participe!














O envolvimento recente de J.K. Rowling com a Lumos, sua instituição filantrópica que luta pelo fim da institucionalização de crianças, é visível.

Hoje (26),  foi lançada a campanha ''Let's Talk Lumos'', com uma espécie de ''conversa'' no site da mesma, informando a você sobre o trabalho da Lumos e como você pode ajudar. A autora de Harry Potter narra um vídeo de pouco mais de 2 minutos:

    

Podemos compreender que o objetivo principal da campanha não é a arrecadação financeira, mas sim o envolvimento e a conscientização das pessoas de uma realidade global.


Além do envolvimento nas redes sociais (@lumos, por exemplo), você pode tirar uma foto como esta abaixo e divulgá-la com #letstalklumos.













(Clique para ampliar.)

Clique em Mais informações para conferir a tradução do vídeo, áudios de J.K. Rowling e uma mensagem final da campanha.

''Neste momento, oito milhões de crianças ao redor do mundo estão vivendo em instituições que as negam amor e cuidados individuais, o que pode danificar o desenvolvimento cerebral delas e destruir o seu entendimento de certo e errado. Esse é um problema sério mas eu sei que podemos resolver. 

Mais de 90% dessas crianças não são órfãs e possuem famílias que as amam e as querem mas em muitos países, saúde, educação e serviços sociais não correspondem às necessidades de todas as crianças: aquelas que vivem na pobreza, as com deficiências ou problemas de comportamento geralmente "caem pelas brechas". 

Maria é uma dessas crianças, seus pais são pobres e ficaram sem comida, então amanhã ela será levada deles até uma instituição. Dirão a eles que essa é a única opção. Irão roubar a identidade dela e será reduzida a um número. Com pequeno contato físico e emocional, Maria irá esquecer em breve como é se sentir amada, isolada, trancada e esquecida pelo mundo. O futuro de Maria será sombrio, o sistema irá falhar com ela e anos depois ela será liberada como uma jovem adulta com pouquíssima educação, sem relacionamento com sua família, sem preparo e incapaz de viver no mundo. Ela terá 10 vezes mais chances de se envolver com prostituição, 40 vezes mais chances de ter uma ficha criminal, 500 vezes mais chances de cometer suicídio. 

A história de Maria não é única. Esse será o seu futuro mas não precisa ser. Lumos está trabalhando para transformar esses sistema de descuidado e pode resolver o problema mudando a equação. Os mesmo recurso gasto nas instituições podem ser usados para ajudar em serviços nas comunidades, como assistência financeira e programas sociais para famílias pobres e treinamento para as equipes (outra palavra seria melhor, ela usa "pessoal") das instituições para se tornarem professores e pais adotivos. Junto podemos assegurar que todas crianças como Maria serão criadas em um ambiente familiar onde ele conseguem todo amor que precisam e o futuro que merecem. Por favor, una-se a mim. Wearelumos.org.''

Áudio de J.K. Rowling:

"Nós acreditamos que seja possível terminar com a institucionalização das crianças para sempre ao redor do mundo nos próximos 30 anos. Sua doação não só ajuda crianças individuais agora, mas também assegura o futuro de crianças nas próximas gerações.''

Áudio 2:

"Muitas pessoas acreditam na concepção errônea de que instituições são um bem automático, porque elas mantêm as crianças que ninguém quer, mas como sabemos, o sistema não é capaz de cuidasr adequadamente de todas as crianças."

Mensagem (que você pode ''assinar'', inscrevendo-se com nome, país e e-mail):

''Assinando esse compromisso, você está se tornando parte da campanha para terminar com a institucionalização de crianças ao redor do mundo até 2050. Você está emprestando o seu nome para um movimento global que diz para políticos e "criadores de política" ao redor do mundo que crianças precisam de famílias e não de instituições ou orfanatos. Juntos, nós somos Lumos.

Eu sou Lumos - a luz na escuridão para 8 milhões de crianças que vivem em instituições ao redor do mundo.

Eu sou parte ativa de uma movimento global para mudar suas vidas.

Eu sei que instituições são prejudiciais para o desenvolvimento de uma criança.

Eu acredito que as crianças são melhores quando crescem com suas famílias ou com cuidados familiares em suas comunidades.

Eu estou persuadindo governos ao redor do mundo a investir em servições comunitários que ajudam a manter famílias unidas.

Eu sou um defensor dos diretos das crianças.

Eu estou dando a voz para as crianças atrás das paredes de instituições.

Eu quero ser parte da solução que terminar com a institucionalização de crianças no nosso tempo.

Juntos, somos Lumos.''


Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts