[slider][carousel][6]

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Carmem Ejogo e a varinha da Presidente Seraphina

19:52:00

Descobrir qual seria a varinha que nos escolheria através do Pottermore é uma experiência maravilhosa, mas imagine ser um dos novos personagens do mundo bruxo em Animais Fantásticos e estar recebendo a varinha que foi sua durante toda a vida? O Pottermore contou quem está mais que satisfeita com sua varinha e nós traduzimos!


______________________________________________________________________________________

Porque Carmen Ejogo está “tão apaixonada” pela varinha da Presidente Seraphina


Interpretar uma bruxa ou um bruxo significa que você vai precisar de uma varinha. A atriz Carmen Ejogo, de animais fantásticos, revela como foi colocar as mãos na varinha de Seraphina e porque ela mal pode esperar para usá-la. 

Não tem como você não ver Carmen Ejogo no trailer de Animais Fantásticos. Ela aparece em frente ao brasão do Congresso Mágico dos Estados Unidos da América, adornada com vestimentas requintadas e um enfeite de cabeça extravagante, com cachos brancos brilhantes aparecendo dos dois lados do rosto. 

A elogiada atriz interpreta a Presidente do MACUSA, Seraphina Picquery, a líder da comunidade bruxa norte-americana em 1926.

Por respeito à própria Seraphina (ela não é o tipo de personagem que você fica muito feliz em desobedecer), nós não podemos revelar muito sobre ela ainda. Por hora, tudo que podemos realmente dar são dicas: ela é carismática, formidável, influente. Ela é uma figura importante na sociedade nova-iorquina de 1926. Extremamente importante. 

Quando Carmen veio falar comigo, ela estava a caráter dos pés à cabeça. Um entusiasmo encantador aparece em seu rosto quando ela me conta sobre a primeira vez em que ela viu a varinha roxa de sua personagem.

‘É tão bonita! Eu estou tão apaixonada pela minha varinha. Talvez, num nível subconsciente, eu tenha desejado que os designers me dessem a que tinha uma pedra grande’, ela diz, com os olhos brilhando 
Então ela diz seriamente: ‘Ezra [Miller] me disse que existem diferentes escolas de artesãos de varinha. Ele ficou muito surpreso com a minha porque ele reconheceu que foi feita por um artesão muito diferente dos que ele costuma ver. Ela realmente se sobressai em meio a outras varinhas.’

Ah, sempre. Entre você e eu, eu segurei a varinha da Seraphina. Ela pesa mais do que você esperaria e parece uma jóia preciosa na sua mão. É quase como se a varinha tivesse uma mente própria. O que, você sabe, no mundo de J.K. é bem verdade.

Mas quando nós veremos o que ela pode fazer?

‘Vai haver uma revelação muito, muito poderosa dessa varinha quando for necessário’, diz Carmen. ‘A ira de Seraphina ainda está por emergir dela. Mas é elegante e régia, o que provavelmente revela alguma coisa sobre sua personalidade.

'Eu não acho que a Seraphina é uma pessoa que ostenta, de forma alguma, mas eu acho, sim, que ela é autoritária e sabe o poder que tem. Você sabe que algo épico vai acontecer quando essa varinha é usada. A Seraphina é meio assim. Ela é épica.’ 

______________________________________________________________________________________


Veremos todo esse poder em 17 de Novembro, na estréia de Animais Fantásticos e Onde Habitam.


Tradução: Isabel Dain

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Pottermore: Ilustrações feitas pela própria J.K. Rowling

15:47:00










Pottermore recentemente liberou alguns desenhos feitos pela J.K. Rowling que podem ser encontrados em textos do site. Algumas dessas ilustrações já são do nosso conhecimento, porém outras são inéditas! A autora que também ilustrou “Os contos de Beedle, o Bardo”, “Animais Fantásticos e Onde Habitam” e “Quadribol Através dos Séculos” agora mostra seus esboços de “Harry Potter e a Pedra Filosofal” e prova que seu talento não é só a escrita. Confira abaixo:

Rua dos Alfeneiros 

Espelho de Ojesed


Severo Snape na Aula de Poções

O chapéu seletor


Nick Quase Sem Cabeça

Quadribol

Pirraça e Percy Weasley


Os Weasleys

Harry e os Dursleys
______________________________________________________________________________________________________________________________

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Novos contos de Hogwarts

09:17:00


Três e-books contando histórias inéditas e curiosas sobre Hogwarts serão lançados no dia 6 do próximo mês de setembro no Pottermore.

Após o super lançamento de "Harry Potter e a Criança Amaldiçoada" no dia 31 de julho, cuja versão em português apenas chegará no final de outubro deste ano, J.K. Rowling revelou uma surpresa para os fãs do Mundo Mágico.

Já faz algum tempo que a escritora vem publicando textos sobre os personagens da saga "Harry Potter" no Pottermore. É no Pottermore mesmo que a escritora britânica publicará os seus três novos e-books, no dia 6 de setembro. Nos livros haverá também escritos originais da J.K. As publicações farão parte de uma série chamada "Pottermore Presents" ("Pottermore Apresenta"). O design das capas foi criado pela dupla MinaLima, o brasileiro Eduardo Lima e Minaphora Mina, responsáveis pela identidade visual dos filmes "Harry Potter".

Cada um dos livros explora um tema ligado à Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Os Livos são:

  • Hogwarts: An Incomplete an Unrealible Guide (Hogwarts - Um Guia Incompleto e Não Confiável );



  • Short Stories from Hogwarts, of Power, Political and Pesky Poltergeist (Pequenas Histórias de Hogwarts sobre Poder, Política e Poltergeists Chatos);

  • Shorts Stories from Hogwarts of Heroism, Hardship and Dangerous Hobbies (Pequenas Histórias de Hogwarts sobre Heroismo, Dificuldades e Hobbies Perigosos).


Os livros estão em pré-venda na Amazon.com e na iTunes Store, com versão em português por U$2,99. 

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Começa a pré-venda de Harry Potter e a Criança Amaldiçoada

11:50:00
Acabou o mistério! O roteiro da peça “Harry Potter and the Cursed Child”, que já foi publicado em inglês, agora está disponível para pré-venda no Brasil. A versão traduzida como “Harry Potter e a Criança Amaldiçoada” será lançada pela Editora Rocco em 31 de outubro. Segundo a editora “Vai ser apenas o melhor dia das bruxas de nossas vidas!”.

                                                                    

Sobre o livro:
A oitava história. Dezenove anos depois.
Baseada numa história original inédita escrita por J. K. Rowling, Jack Thorne e John Tiffany, Harry Potter and the Cursed Child, uma peça de Jack Thorne, é a primeira história oficial de Harry Potter a chegar aos palcos.
Sempre foi difícil ser Harry Potter e não é mais fácil agora que ele é um sobrecarregado funcionário do Ministério da Magia, marido e pai de três crianças em idade escolar.
Enquanto Harry lida com um passado que se recusa a ficar para trás, seu filho mais novo, Alvo, deve lutar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. À medida que passado e presente se fundem de forma ameaçadora, ambos, pai e filho, aprendem uma incômoda verdade: às vezes as trevas vêm de lugares inesperados.

O livro conta com duas versões uma em capa dura e outra em brochura, o preço varia de acordo com a escolha. Segundo a editora a edição em capa dura seguirá o mesmo padrão da edição britânica. O valor estimulado das duas edições continua padrão em todas as lojas. Acesse agora sua livraria favorita ou clique no link abaixo e adquira o seu! 

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada: Capa dura ou brochura - adquira aqui!

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

O Salão Comunal da Lufa-Lufa

18:39:00



















 Se você é lufano e ainda não leu esse texto, essa é a sua oportunidade! Traduzimos, diretamente do Pottermore, a descrição e considerações do Salão Comunal da Lufa-Lufa. Sinta-se em casa lendo sobre o aconchego típico do lugar.

___________________________________________________________________

Para entrar no Salão Comunal da Lufa-Lufa usa-se o mesmo corredor que leva à cozinha de Hogwarts.  Seguindo adiante depois de passar pelo enorme quadro de natureza morta, que consiste na entrada da cozinha, uma pilha de grandes barris pode ser encontrada em um sombrio recuo de pedra no lado direito do corredor. O segundo barril de baixo pra cima, no meio da segunda linha se abrirá caso receba batidas no ritmo de “Helga Hufflepuff”.* Como um sistema de segurança para repelir não-lufanos, bater no barril errado ou bater o número errado de vezes fará com que uma das tampas exploda, encharcando a pessoa com vinagre.

                                                                     


Uma passagem terrosa e íngreme por dentro dos barris sobe por um pequeno trajeto até que uma sala circular baixa e aconchegante é revelada, fazendo lembrar a decoração de um texugo. A sala é decorada com as alegres cores amarelo e preto - como uma abelha - destacadas pelo uso de madeira cor de mel muito polida nas mesas e nas portas redondas que levam os dormitórios das meninas e dos meninos (mobiliados com confortáveis estrados de madeira, todos cobertos com mantas de retalhos).
Uma colorida profusão de plantas e flores deixa o salão comunal da Lufa-Lufa encantador: diversos cactos colocados em prateleiras circulares de madeira (curvadas para se encaixarem nas paredes), muitos deles dando tchauzinho e dançando para quem passa, enquanto portas-planta de cobre balançam pelo teto fazendo com que gavinhas de samambaias e heras rocem em seu cabelo quando você passa por baixo delas.

Um retrato em cima da moldura de madeira da lareira (repleta de entalhes de texugos dançantes) mostra Helga Hufflepuff, uma das bruxas do grupo de quatro fundadores de Hogwarts, brindando seus alunos com uma minúscula taça de ouro com duas alças. Pequenas janelas redondas no nível do chão do castelo mostram uma agradável visão de grama e dentes-de-leão ondulantes e, ocasionalmente, pés passando. Essas janelas baixas, contudo, fazem a sala parecer permanentemente ensolarada.

* Há quem diga que a complexidade – ou falta dela- para entrar nos salões comunais dá uma ideia bem geral da reputação intelectual de cada casa: Lufa-Lufa tem um portal imutável e requer batidas em determinado ritmo; Sonserina e Grifinória possuem portas que desafiam igualmente a quem quiser entrar, tendo a primeira uma entrada escondida quase imperceptível e uma senha que varia e a segunda, uma guardiã cheia de caprichos e senhas que mudam frequentemente. Fazendo jus à sua reputação de casa das mentes mais ágeis de Hogwarts, a porta para o salão comunal da Corvinal expõe um novo desafio intelectual ou filosófico toda vez que alguém bate.

Todavia, não se pode concluir do que foi dito acima que Lufanos são pouco inteligentes, ainda que tenham sido cruelmente caricaturados dessa maneira em alguns momentos. Diversas mentes excepcionais vieram da casa da Lufa-Lufa ao longo dos séculos; acontece que essas cabeças excelentes simplesmente são aliadas a paciência, ética de trabalho e lealdade extraordinárias, todas elas marcas tradicionais da Lufa-Lufa. 

Considerações de J.K. Rowling

Quando eu fiz o planejamento inicial da série, eu queria que o Harry visitasse os salões comunais de todas as quatro casas ao longo do seu tempo em Hogwarts. Chegou um momento em que me dei conta de que isso nunca haveria um motivo válido para entrar no salão da Lufa-Lufa. Ainda assim, ele é tão real para mim quanto os outros três, e eu sempre soube exatamente aonde os Lufanos estavam indo quando se encaminhavam em direção à cozinha depois das aulas. 

Tradução: Isabel Dain.

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts