domingo, 21 de dezembro de 2014

No décimo dia de surpresas no Pottermore, temos um texto inédito sobre os Inferi!


No décimo dia de surpresas no Pottermore, finalmente temos mais conteúdo inédito e dessa vez é sobre os Inferi! No novo capítulo liberado intitulado "Dentro da Caverna" é possível ver o momento em que o Dumbledore e o Harry precisam enfrentar os Inferi. Existem alguns itens para serem coletados e o texto novo para ser liberado. Para entrar nesse capítulo foi necessário responder outro enigma:

"Na caverna, quando Harry e Dumbledore tentam escapar,
Eles estão rodeados por monstros parecidos com zumbis vindos do lago.
Mas você pode lembrar o nome dessas criaturas,
Que possuem olhos brancos e nublados e características de cadáveres?"

E a resposta desse enigma é: "Inferi"

Clique em "mais informações" para ler o conteúdo novo sobre essas criaturas.

''Inferi são cadáveres; corpos mortos que foram enfeitiçados para cumprir as ordens de um bruxo das trevas. Inferi podem ser homens, mulheres ou crianças, e possuem fundos olhos cegos e uma pele gelada.

Novas informações sobre os Inferi

Um Inferius (plural: Inferi) é um cadáver que foi reanimado por uma Maldição de um bruxo das trevas. Ele se torna uma marionete macabra e pode ser usado como um servo descartável pelo bruxo das trevas em questão. O sinal mais evidente de que se está diante de um Inferius em vez de um ser humano vivo são os olhos brancos e nublados.

Os feitiços usados para reanimar um corpo humano são muito mais complexos do que aqueles usados, por exemplo, para que objetos inanimados voem. O Inferius pode ser amaldiçoado para responder letalmente se perturbado, para matar indiscriminadamente, e para realizar trabalhos perigosos para seu mestre. Suas limitações são, no entanto, óbvias; ele não tem vontade própria e nem mesmo um cérebro. Ele não vai ser capaz de pensar a sua maneira fora do problema previsto. Como um guerreiro ou guardião sem ter em conta a sua própria segurança, contudo, ele tem muita utilidade.

Os Inferi os quais Harry e Dumbledore encontram nas profundezas do lago, em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, foram, quando vivos, principalmente vagabundos, sem-teto trouxas a quem Voldemort tinha assassinado com tal objetivo durante a sua primeira ascensão ao poder, embora alguns fossem a terrena remanescência de bruxos ou bruxas que "desapareceram" sem qualquer explicação.

Preservado indefinidamente por magia negra, um Inferius só pode ser destruído pelo fogo, uma vez que não foi encontrado qualquer feitiço para fornecer à carne morta impermeabilidade à queima. Inferi são, portanto, encantados para evitar chamas por seu mestre.

Comentários da J.K sobre os Inferi

Os Inferi têm muito em comum com zumbis, que são mencionados como criaturas separadas dentro do mundo do Harry. Eu tive muitas boas razões para não querer chamar os guardiões do medalhão de ‘zumbis’. Primeiramente, zumbis não são parte do folclore britânico, mas associados com os mitos do Haiti e partes da África. Enquanto os estudantes de Hogwarts aprenderiam sobre eles, eles não esperariam encontrá-los andando nas ruas de Hogsmeade. Em segundo, enquanto zumbis da tradição Vodu podem não ser nada além de corpos reanimados, uma separada, porém relacionada tradição, diz que um mago usa as almas deles, ou parte das suas almas, para sustentar a ele mesmo. Isso causava um conflito com a minha história das Horcrux, e eu não queria sugerir que Voldemort tivesse qualquer uso para seus Inferi além de guardas de sua Horcrux. Por último, zumbis tem sido representados e reinterpretados em filme tão frequentemente nos últimos cinquenta anos que eles têm todo um conjunto de associação que não eram úteis para mim. Eu sou parte da geração “Thriller”; para mim, um zumbi sempre vai significar Michael Jackson em uma jaqueta bomber vermelha brilhante.

O nome Inferius foi um trocadilho com “Inferus”, que é “abaixo” em latim, mas com uma óbvia conotação de ser ‘menos’ que um ser humano. “Inferi” significa o submundo. ''

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts