11.9.15

[Atualizado] Detalhes sobre as mudanças radicais no design e funcionamento do novo Pottermore


Finalmente temos mais detalhes sobre as mudanças no Pottermore! O site havia anunciado que passaria por mudanças bruscas para lançar uma "nova versão reimaginada", deixando muitas dúvidas sobre o que permaneceria e o que viria de novo. A revista The Bookseller, em entrevista com a equipe do site, revelou quais serão essas novidades.

O design do site irá mudar muito, mas o principal é que o novo Pottermore será uma plataforma que irá focar em smartphones e em seu público de jovens-adultos, e não infantil. As mudanças prometem muito mais conteúdo exclusivo e uma plataforma muito mais amigável. Leia a seguir o texto completo do The Bookseller traduzido!


Pottermore, o site construído para estender a marca Harry Potter online e vender edições ebook dos setes títulos originais, está para ser relançado com um novo design e abordagem. A nova versão móvel irá deixar os elementos jogáveis de lado, focar no centro de sua audiência de jovens adultos, e permitir que seu conteúdo seja indexado por mecanismos de buscas.



A reformulação, que está para ser revelada nas próximas semanas, foi conduzida por Susan Jurevics, que entrou no Pottermore como CEO quase dois anos atrás. Esse movimento vê a mudança no site como deixar de focar em introduzir novos leitores para a marca, para encantar os usuários que cresceram com os livros e agora desejam explorar mais facetas da crescente franquia. 

Jurevics disse que as mudanças foram feitas por identificar o núcleo dos usuários do site, como a tecnologia havia desenvolvido desde o lançamento (em Abril de 2012), e a necessidade de refletir que o universo de Harry Potter não é mais confinado aos sete livros originais. Uma peça de teatro está atualmente sob desenvolvimento, e o primeiro de três novos filmes, Animais Fantásticos e Onde Habitam, está para ser lançado ano que vem.


Jurevics disse que o Pottermore também precisava dar à autora J.K. Rowling uma plataforma mais acessível, na qual ela poderia exibir seus novos escritos sobre aquele mundo. O site relançado irá dar destaque a um novo logo, escrito na própria letra da J.K. Rowling. (Que você vê ao lado)



Jurevics contou ao The Bookseller: “Quando o Pottermore começou pela primeira vez, ele foi feito para a próxima geração de leitores, e essa geração foi quase por padrão vista como crianças. Então o site atual transformou em jogo o conteúdo, deixando bem simples em termos de coletar coisas e lançar feitiços. Isso foi apropriado para crianças, mas elas não eram , na verdade, a audiência núcleo.” Jurevics disse que a base de usuários era “esmagadoramente jovem adulta e mulher”, algo que ela descobriu “bem rápido” quando se juntou a empresa em outubro de 2013, vinda da Sony, onde ela era vice-presidente sênior responsável pelo marketing da companhia.



O relançamento também reflete os avanços tecnológicos na forma pela qual os usuários agora acessam sites de conteúdo, Jurevics disse: “De um ponto de vista tecnológico, quando o design do Pottermore foi feito e o site concebido, o Ipad ainda não tinha sido lançado, e a população ainda não dormia com seus celulares ligados. A versão atual do Pottermore é realmente uma experiência para um laptop ou desktop e esse tipo de utilização está cada vez menor.” O novo site será focado em smartphones, para refletir essa “mudanças fundamental no comportamento do usuário”, com conteúdo feito para touchscreens.


Talvez a mudança mais significante é a remoção do conceito central por trás do site, o qual requeria que os usuários se tornassem estudantes de uma Hogwarts virtual para fazer progresso através dos livros e aproveitar o site. Jurevics disse que a mudança refletiu o jeito com o qual a série Harry Potter evoluiu para fora dos sete livros.

Ela disse: “[J.K. Rowling] acha acontecimentos no mundo real e evolui o mundo mágico através de muitos escritos novos, por exemplo quando ela criou A Copa Mundial de Quadribol. 

Mas na narrativa muito linear - focada nos livros – que nós tínhamos, não havia lugar para isso. Ela agora pode escrever conteúdo sobre o mais amplo mundo bruxo, mas que não é ancorado pelos livros do um ao sete.”

O Pottermore agora emprega 35 pessoas. Jurevics disse que a empresa tinha que continuar o processo de liberar os livros de Harry Potter sequencialmente online, ao mesmo tempo que tinha que planejar por um relançamento com um novo grupo. “Nós temos respeito pelo que foi construído no passado, foi revolucionário. Mas tivemos que mudar tudo para resolver esse pontos [de quem os usuários são e de como eles acessam a internet], então o conjunto de habilidades são diferentes e alguns empregados são diferentes. Você não muda isso da noite para o dia.” Em janeiro o Pottermore nomeou a ex “Penguin m.d. of digital” Anna Rafferty como diretora de produto, criatividade e conteúdo; ela vinha previamente trabalhando com a companhia como consultora.

Rafferrty disse: “Nós estamos abrindo todo aquele conteúdo – esse mundo está expandindo e nós queremos que as pessoas tenham acesso a tudo isso, quer sejam elas super fãs ou não. Não é mais uma experiência linear. Não é um livro. Você não lê um site da página inicial, para o capítulo um, para o caítulo dois, e nós precisamos refletir isso. Terão centenas de milhares de páginas. É um mundo imersivo, mas um pelo qual você pode inspecionar ao redor.” Rafferty disse que o novo site iria incluir três vezes mais conteúdo novo que aquele obtido dos livros.

Pela primeira vez, o conteúdo do site ficará disponível para mecanismos de buscas e indexado, com conteúdo adicional derivado das inúmera fontes incluindo a Warner Bros e outras franqueadas. Rafferty disse que a companhia estava também “trabalhando de perto” com a editora original Bloomsbury, a qual em outubro irá lançar a primeira edição completamente ilustrada da série Harry Potter, com desenhos pelo Jim Kay. Pottermore irá prover oportunidades maiores para outras franqueadas comercializarem seu conteúdo relacionado a Harry Potter, disse a Jurevics. Pottermore também terá seu próprio grupo editorial, conduzido pela Rafferty, para estabelecer o Pottermore como o que ela descreve “o coração mágico do mundo bruxo”, com conteúdo “compartilhável e listável”. Também terá maiores oportunidades para Rowling de adicionar mais conteúdo mais visivelmente. Rafferty disse: “Nós queremos dar aos fãs mais e agora somos capazes de dar isso à eles mais rapidamente. Se tornará um verdadeiro centro de informações – o coração autêntico.”

Jurevics disse que o time do Pottermore estava consciente da hora da mudança, com uma pequena audiência muito devota aos elementos jogáveis dentro do site atual. “Nós estamos trabalhando nisso, mas não é uma decisão arbitrária. Nós arquitetamos muito cuidadosamente o que estamos fazendo. Não agradaremos cada usuário que existe, mas estamos nos certificando de sermos transparente e comunicativos.”

Uma nota para os fãs feita pelo Pottermore no início de setembro revelava que a “parte um” do site estava fechando, e oferecia até o dia 16 de setembro um certificado personalizável para ser imprimido do Pottermore. 

Todos os sete títulos já foram agora colocados disponíveis no Pottermore, e Jurevics disse que essa era a hora natural de trazer essa versão atual para uma conclusão. Ela disse: “Era importante trazer todas as setes histórias para o site atual, então nós realmente pensamos que é o fim desse conceito: nós precisávamos que a base atual de usuários completassem esse conceito. Existe uma pequena quantidade que irá querer se manter no ambiente “role-playing” e imersivo, mas francamente existem nichos de comunidades de Harry Potter em massa onde eles podem fazer isso.”

Pottermore irá continuar a vender os ebooks de Harry Potter e o download digital dos audiobooks, mas Jurevics sinalizou que essa área do site também estava sob desenvolvimento. Ela disse: “Há um aspecto comercial para o negócio mais amplo. Pottermore terá uma loja e ela por um curto período de tempo permanecerá o mesmo que é hoje.” Entretanto, ela ressaltou que o site principal do Pottermore continuará a ser grátis para ser visto e usado.

Mais uma imagem de como será o design do novo site:

 

Também foi postado no Twitter a capa da revista The Bookseller dessa semana, que irá focar nas novidades do Pottermore. E podemos ver como deve ficar o aplicativo!


Gostaram das novidades? O site parece que irá ficar muito interessante. Comente sua opinião abaixo!

[Atualização] Segundo o press release divulgado pelo Pottermore, o site irá exibir notícias do mundo mágico, incluindo a peça teatral e Animais Fantásticos! 

O Pottermore vai continuar tendo como foco os escritos de J.K. Rowling, e terá muito mais conteúdo original. "Isso inclui comentários e notícias oportunas do Correspondente Pottermore, um jornalista profissional contratado pelo Pottermore especialmente para esse papel." 

O Pottermore também promete muito mais conteúdo exclusivo! Afinal, como pudemos ler acima, não haverá mais o compromisso de encaixar especificamente linearmente dentro dos sete livros.

Essa nova versão do site estará disponível apenas em inglês, deixando mais fácil para ser uma plataforma flexível e evolutiva para o mundo mágico. 

Um novo logo foi criado para o site, como dizia no texto do The Bookseller, e você pode ver melhor abaixo. É usada a própria caligrafia da J.K. Rowling no logo. Também foi feita uma renovação da estrutura visual dos recursos do site, incluindo luxuosas imagens, uma nova paleta de cores e conteúdo que pode ser compartilhado através das redes sociais. Vai ser mais simples acessar o site também, já que agora o registro não é mais obrigatório e o design foi alterado para a melhor visualização através de uma vasta extensão de aparelhos.

Susan Jurevics também comentou mais sobre as novidades: "J.K. Rowling está continuando a expandir seu universo mágico além das histórias de Harry Potter, e assim como o mundo mágico se expande, nós também iremos. Estamos animados em prover um novo destino digital com uma voz autêntica, que irá agradar a todos interessados em explorar esse mundo. O novo Pottermore melhorado está continuamente evoluindo, e está ajustado para abrir e estimular a imaginação da nossa audiência como nunca antes." 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts