24.9.15

Pottermore: ''Por trás das cenas: criando o gigante tabuleiro de xadrez bruxo''


Entre os diversos textos presentes no Pottermore, temos também alguns extraídos de livros extras da série, como o a seguir, que foi retirado do livro "Harry Potter: A Magia do Cinema", mas resolvemos trazer aqui para o OPD para quem não possui acesso ao material incrível desses livros. Leia a seguir traduzido o texto sobre as peças de xadrez.

Por trás das cenas: criando o gigante tabuleiro de xadrez bruxo

O diretor Chris Columbus explica o desafio de desenvolver a dramática cena do xadrez-bruxo no primeiro filme

Extraído de "Harry Potter Film wizardry"

De todas as cenas d'A Pedra Filosofal, a que o diretor Chris Columbus disse que esteve mais entusiasmado em gravar foi a cena onde Harry, Ron e Hermione se deparam com uma versão gigante de um tabuleiro de xadrez-bruxo, e eles precisavam jogar para atravessar o caminho para o outro lado do tabuleiro.

De acordo com Chris, boas cenas como aquela o fazem sentir-se como uma criança numa loja de doces.

Um gigante tabuleiro de xadrez, e enormes peças de 3,65 metros foram construídas. As peças eram controladas por rádio, o que estava longe de ser uma simples operação, por causa de sua altura e peso, e o fato de suas bases serem relativamente pequenas.

"Não apenas nós tivemos de mover as peças", diz o supervisor de efeitos especiais, John Richardson, "Nós tivemos que colocá-las em duelo umas com as outras, explodindo e caindo no chão."

Também havia fogo para as chamas dos escombros das peças de xadrez destruídas, e, como John diz "Uma parte de tudo que nós já nos deparamos em efeitos especiais".

Como Chris reflete: "A combinação de movimentos da câmera, em conjunto com as peças se movimentando mecanicamente pelo chão, criou uma verdadeira sensação de terror e suspense. Enquanto estivemos conversando sobre tentar movimentar as peças mais rapidamente - eu simplesmente amei isso - no final das contas, a sequencia aconteceu em seu próprio ritmo.

Embora, surpreendentemente, pouco uso dos efeitos especiais foi exigido, existiu alguns poucos momentos de criação mágica digital - por exemplo, quando um dos peões soldados ganha vida e empunha sua espada.

Para Chris, a cena foi memorável não apenas pelos efeitos, mas pela performance de Rupert Grint como Ron: "Essa é uma performance surpreendente de uma criança que estava começando a sentir-se confortável com seu personagem. E quando ele vê o poder dessas coisas e se dá conta que ele precisa se sacrificar por seus amigos, eu senti um verdadeiro momento de medo, mas também coragem, de Rupert"

A cena também foi um destaque na perspectiva do próprio Rupert. "Foi realmente emocionante", ele relembrou, mais tarde "Eu tive que sentar no cavalo, e eu me lembro de ter realmente me divertido. O tabuleiro era enorme, e foi incrível quando as peças foram esmagadas. Eu ainda tenho um dos pedaços quebrados do cavalo! Foi muito legal!"

2 comentários:

  1. nossa, o Rupert guardou um pedaço do cavalo como recordação, que legal, acho que teria feito o mesmo

    ResponderExcluir
  2. nossa, o Rupert guardou um pedaço do cavalo como recordação, que legal, acho que teria feito o mesmo

    ResponderExcluir

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts