segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Pottermore: ''Por trás das cenas: Criando o Beco Diagonal do zero''

Dessa vez um texto sobre como foi criar o Beco Diagonal, com comentários da falecida Stephenie McMillan, a decoradora dos sets.

Por trás das cenas: Criando o Beco Diagonal do zero 

O distrito de lojas "Dickensiniano" (Dickensian; de Dickens) para bruxos no Beco Diagonal foi criado com perfeito cuidado e detalhe.

Extraído de "Harry Potter das Páginas para a Tela"

A decoradora dos sets Stephenie McMillan recorda: "Uma vantagem ao entrar nesse mundo foi que eu tinha uma assistente absolutamente obsessiva em a Pedra Filosofal, que gostava profundamente de Harry Potter. Ela planejou a organização do Beco Diagonal como uma operação militar, com tudo catalogado."

"Nós pegamos todos os lugares do livro, qualquer coisa sobre o conteúdo das lojas que era mencionado, e então expandimos com base nisso."

Mercados de pulgas, lojas de sucata e leilões no mundo real foram investigados por semanas para encontrar itens apropriados para estocar nas lojas do Beco Diagonal. O desafio era que ninguém tinha permissão para revelar que eles estavam adquirindo os itens para os filmes Harry Potter. Uma assistente, quando estava comprando vassouras aos montes, contou ao vendedor que era porque ela tinha muito a varrer.

"Nós compramos tanto quanto podíamos, mas também duplicávamos os itens que achávamos, já que, honestamente, o Beco Diagonal armazena muito estoque."

A Loja de Caldeirões tem caldeirões de todas formas e tamanhos, alguns desses em pilhas "serpentinadas" em frente à loja. O Empório das Corujas e a loja de animais mágicos expõem gaiolas não apenas para corujas, mas para ratos, morcegos e gatos.

O Apotecário do Sr. Mulpepper, que foi nomeado para os filmes, contém um armário com prateleiras de 3 metros de comprimento e 7 metros de altura. "Somente um decorador podia enfeitar por vez. Nós tivemos que usar um catador de cerejas para podermos colocar os potes nas prateleiras, um por um, em toda a extensão."

O Beco Diagonal é quase que completamente destruído pelos Comensais da Morte em O Enigma do Príncipe. "As lojas são vedadas e fecham", disse o designer de produção Stuart Craig. "Olivaras é literalmente explodida. Essas consequências bem desastrosas precisaram de uma mudança de humor substancial, o que nós alcançamos não apenas com os prédios arruinados, mas também removendo quaisquer cores brilhantes e mudando a iluminação."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts