20.11.15

Pottermore: As 5 coisas mais estranhas que já aconteceram em um banheiro de Hogwarts




















Nós sabemos que os banheiros de Hogwarts guardam muitas histórias. Recentemente, o Pottermore fez uma lista com as 5 coisas mais estranhas que já aconteceram por lá. Você confere a nossa tradução a seguir.


____________________________________________________________



Provavelmente você já percebeu que Hogwarts é ligeiramente maior que uma pousada de apenas 1 quarto. 

E ainda que o castelo seja alvo de milhares de acontecimentos esquisitos por todos os cantos, muitos acidentes parecem acontecer em um lugar em especial.



1. Hermione transforma-se em um gato

Uma parada rápida no banheiro para arrumar-se é uma atitude muito comum. Mas para Hermione, uma dessas paradas acabou sendo cabeluda, graças ao uso inadequado da Poção Polissuco. Felizmente, a famosa Murta-que-geme, fantasma que vive nos banheiros, estava lá para ajudá-la.


O rosto da garota estava coberto de pêlos negros. Os olhos tinham virado amarelos e orelhas compridas e pontudas espetavam para fora dos cabelos.
"Era um pêlo de gato! Emilia Bulstrode deve ter um gato! E a poção não deve ser usada para transformar animais!"
 "Uau!" exclamou Rony.
"Vão caçoar de você horrores" exclamou Murta, feliz.
 
Harry Potter e a Câmara Secreta























2. A Câmara Secreta é aberta

A Câmara Secreta: oficialmente a pior coisa que você pode encontrar em seu banheiro, salvo o caso de você encontrar algo mofado ou bolorado. No entanto, Harry perde parte de seu segundo ano em Hogwarts tentando encontrá-la.


"Que é que você quer que eu faça?" perguntou Lockhart com a voz fraca. "Eu não sei onde fica a Câmara Secreta. Não há nada que eu possa fazer."
"O senhor está com sorte" disse Harry, forçando Lockhart a se levantar com a varinha. "Achamos que sabemos onde fica. E o que tem lá dentro. Vamos."
Saíram os três da sala, desceram as escadas mais próximas, e seguiram pelo corredor escuro em que as mensagens brilhavam na parede até a porta do banheiro da Murta Que Geme. 
Harry Potter e a Câmara Secreta
























3. TRASGO!

Assim como é para vários garotos, os banheiros femininos de Hogwarts são lugares intimidantes. Isso nos faz lembrar do primeiro ano de Harry, quando ele e Rony salvaram sua amiga Hermione de um trasgo assustador. 


"Ah, não" exclamou Rony, pálido como o barão Sangrento. "Vêm do banheiro das meninas." "Hermione!" disseram os dois juntos.
Era a última coisa que queriam fazer, mas que escolha tinham? Dando meia-volta, correram até a porta e giraram a chave, atrapalhados de tanto pânico. Harry escancarou aporta e entraram correndo. Hermione estava encolhida contra a parede oposta, parecendo prestes a desmaiar. O trasgo avançava para ela, derrubando as pias que estavam na parede em seu caminho.  
Harry Potter e a Pedra Filosofal























4. Harry toma um banho com o ovo dourado

 O Torneio Tribruxo foi um motivo de estresse para Harry, especialmente quando ele teve que solucionar o mistério envolvendo um ovo dourado e berrante. Mas que outra maneira ele tinha de descobrir o enigma de um objeto mágico, se não tomando um banho relaxante? Certo, Murta? Espere - o que Murta está fazendo aqui?!


"Eu tentaria colocá-lo dentro da água, se fosse você."
Harry engoliu uma quantidade considerável de bolhas com o choque. Ficou em pé, cuspindo água, e viu o fantasma de uma garota de aspecto muito tristonho sentado de pernas cruzadas em cima de uma das torneiras. Era a Murta Que Geme, cujos soluços em geral eram ouvidos na tubulação de um vaso sanitário em um banheiro três andares abaixo.
 "Murta!" exclamou Harry indignado. "Eu... eu não estou usando nada!"
Harry Potter e o Cálice de Fogo

























5. Harry quase mata Draco

Ah, o quão distante ficaram os dias em que Harry preparou secretamente uma Poção Polissuco, quando um momento no banheiro foi especialmente sangrento. Encantado com os novos feitiços aprendidos com o Príncipe Mestiço, uma briga com Malfoy pareceu-lhe uma ótima oportunidade para testar um desses feitiços. Ah, Harry estava tão enganado. 


"SECTUMSEMPRA!" urrou Harry do chão, agitando a varinha freneticamente.
O sangue espirrou do rosto e do peito de Malfoy como se ele tivesse sido cortado por uma espada invisível. Ele recuou, vacilante, e caiu no chão inundado, espalhando água e deixando cair a varinha da mão direita frouxa.
"Não!" exclamou Harry. Ele se levantou, escorregando e cambaleando, e se precipitou para Malfoy, cujo rosto agora brilhava escarlate, suas mãos pálidas apalpavam o peito encharcado de sangue.
"Não... eu não..." Harry não sabia o que estava dizendo; caiu de joelhos ao lado de Malfoy, que tremia, descontrolado, em uma poça do próprio sangue.
A Murta Que Geme soltou um urro ensurdecedor.
"CRIME! CRIME! CRIME NO BANHEIRO! CRIME!"
Harry Potter e o Enigma do Príncipe




















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts