4.11.15

Pottermore: Fãs contemplam as Artes das Trevas em sua visita ao Warner Bros. Studio Tour















Recentemente o correspondente do Pottermore publicou um texto relatando sua experiência na visita ao Warner Bros. Studio Tour. Leia a seguir a nossa tradução.

_____________________________________________________________________


O correspondente do Pottermore esteve no Warner Bros. Studio Tour London no Halloween, porque não há um dia melhor para entender por que os fãs são atraídos pelas Trevas...


"Nós esperamos ver muitos Sonserinos hoje," fui informada no trem de Londres a Watford.

O orador, que trabalhava no Warner Bros. Studio Tour London, olhou para fora do vagão onde um jovem encapuzado, pálido, de rosto pontudo e cabelos loiros penteados para trás, olhava-nos com desconfiança.

Alguns pequenos bruxos e bruxas estavam com seus pais, com glitter em seus cabelos e varinhas a postos. Mas muitas das pessoas que se aglomeravam do lado de fora eram adultos, que lá estavam para contemplar as Artes das Trevas no Halloween, uma data muito importante no calendário de Harry Potter - o dia em que Tiago e Lílian Potter morreram em Godric's Hollow.

"O que você está mais ansioso para ver?" Eu perguntei. "Comensais da Morte", a resposta vinha, sem exceção, de todos os visitantes que abordei. E lá estavam os mascarados e encapuzados seguidores Daquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado, à espreita nas sombras do Beco Diagonal, invadindo nosso espaço.

Ouviu-se um suspiro de admiração quando entramos no Salão Principal, decorado com abóboras, maçãs frescas e outras guloseimas de Halloween. Como esperado, quando a multidão foi convocada a aplaudir suas casas, vozes para Sonserina se destacaram; aparentemente não havia Grifinórios por lá.


A fascinação pelo obscuro é inegável. Inclusive Emma, com seus 25 anos, gosta tanto de ser aterrorizada que foi bem ao lado de um dos Comensais da Morte logo que surgiu a oportunidade de tirar uma foto, não apenas uma mas duas vezes, escondendo seu rosto em seu cachecol e substituindo seus gritos de terror por gargalhadas maléficas das quais Bellatrix teria orgulho. 

"Ela realmente me assustou", disse Emma, quando recuperou a capacidade de falar. "As máscaras me assustaram, de qualquer maneira. Eu tentei falar com a Comensal, mas ela só ficou me encarando. Fique perto dela e você entenderá o que quero dizer!"


Os Comensais da Morte movem-se de uma maneira particularmente estranha, quase como uma aranha que causa arrepios; além do modo assustador como eles inclinam a cabeça e ficam bem na sua cara. Paul Harris criou as cenas de duelos para Harry Potter e a Ordem da Fênix. Ele treinou os Comensais que estavam no Studio Tour para mostrar aos visitantes como essas cenas eram coreografadas.


Um garoto com aproximadamente 20 anos teve uma experiência um tanto quanto desagradável com uma das Comensais que chegou muito perto dele, a ponto de seu nariz tocar a máscara dela. "É um pouco intimidante. Mas vale a experiência", disse ele, parecendo aliviado que ela havia desaparecido de vista.  










Os elementos sombrios dos livros de J.K. Rowling são uma grande atração para o público. Itens da Floreios e Borrões foram apresentados, incluindo a Mão da Glória e o Armário Sumidouro - que permitiu que os Comensais da Morte entrassem em Hogwarts em Harry Potter e o Enigma do Príncipe. 

A professora de Estudo dos Trouxas, Caridade Burbage, suspensa acima de uma mesa cheia de Comensais enquanto Nagini preparava-se para matá-la, é talvez a atração mais arrepiante. Assim como Draco Malfoy no início de Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 1, nós não conseguíamos tirar os olhos dela, mas ao mesmo tempo ficávamos consternados com o que víamos. Era excitante e desconfortável e fazia-nos sentir cúmplices de sua morte.




Mas felizmente nem tudo nessa experiência era assustador e parte da diversão foi ver e conhecer outros fãs. A maioria fez um esforço para caracterizar-se de acordo com a ocasião. Eu vi uma Murta Que Geme, um Lord Voldemort e uma Bellatrix Lestrange. Particularmente, a minha favorita foi uma "bruxa" que se chamava Rozz que fez sua própria Mandrágora (cujo nome dado foi Mandy Drake, naturalmente) especialmente para a ocasião.

Mandrágoras são as plantas mais assustadoras que você pode encontrar em Herbologia, porque o som dos seus gritos pode causar a morte. Eu estava um pouco preocupada porque Rozz esquecera seus protetores de ouvido, mas Mandy era mais amável e muito mais quieta do que uma Mandrágora original. 



Cheryl, 25, uma superfã de Harry Potter com tatuagens de Hedwiges e de uma cicatiz em forma de raio, aprendeu a duelar com um Comensal da Morte do lado de fora da Floreios e Borrões. "Um deles simplesmente roubou a minha varinha e a arremessou", disse ela, aparentemente indignada.

Sua amiga Kieran, que repetia "Ah não, um Comensal!" toda vez que um deles passava, adicionou "Eles me assustam, realmente me assustam. Essa é a nossa terceira visita e os Comensais realmente nos fazem sentir parte disso."

Para minha surpresa, havia muito amor por Voldemort por lá. Quando um dos guias perguntou ao nosso grupo se preferíamos um jantar com o Lorde das Trevas ou Dolores Umbridge a resposta veio com convicção: "Voldemort!".

Por que? Cheryl explicou: "As pessoas odeiam Umbridge mais do que Voldemort, porque ela age de uma maneira doce. Ela é baixinha, usa vestes cor-de rosa e tem seus gatinhos. Essas características criam uma imagem angelical e destoam da atitude tomada por ela, quando torturou Harry. Já em relação ao Voldemort, você sabe exatamente com quem está lidando.

Nós saímos à luz do sol mais quente já registrado em um Halloween britânico. Ao longo da estrada pedemos ver onde Animais Fantásticos e Onde Habitam está sendo filmado. Eu tentei de todas as maneiras pegar uma imagem de Eddie Redmayne. Esses animais fantásticos devem ser suficientemente assustadores para continuar a agradar os fãs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts