Pages

Primeiro texto de “Magia Norte-Americana” traz informações sobre bruxos indígenas da América


O primeiro texto da série “Magia Norte-Americana”, escrito pela J.K. e liberado pelo Pottermore já está disponível (inclusive, em português) na página do site. Intitulado “Século XIV - Século XVII”, o conto traz informações sobre o início da magia na América do norte, dando espaço aos bruxos indígenas e suas habilidades de cura e na fabricação de poções.

Um ponto que chamou atenção no texto foi a lenda indígena do “andarilho de pele”, bruxo ou bruxa que pode se transformar em qualquer animal que ele(a) deseja.  “É uma lenda que cresceu em torno dos animagos indígenas, e os acusava de terem sacrificado parentes próximos para obter seus poderes de transformação. Na verdade, a maioria dos animagos assumia formas animais para escapar de perseguições ou caçar para suas tribos. Tais rumores depreciativos costumavam ser inventados por xamãs não-majs, que às vezes fingiam possuir poderes mágicos e temiam ser descobertos.”

Outra questão mostrada no texto é a ausência da varinha para os bruxos indígenas norte-americanos. J.K. afirma que praticar magia sem o uso da varinha é feito apenas para bruxos poderosos. “Os animagos e criadores de poções indígenas foram a melhor demonstração de que fazer magia sem varinha é um feito de alta complexidade, pois feitiços e transfigurações são muito difíceis sem ela.”

Por hoje, foi só. Amanhã o segundo texto - Século XVII em diante – será lançado, e nós estamos mais do que ansiosos. Continue acompanhando O Profeta Diário, além de nos seguir pelo twitter (@oprofetasite) para não perder nenhuma novidade!


Post Author

Ana Paula Pimenta

Cursa jornalismo e quer trabalhar em uma redação. Ama chuva e dias frios, e fica bem feliz quando pode assistir suas séries nos sábados à noite. Sempre achou que fosse da Corvinal, mas o Pottermore a colocou na Lufa-Lufa e, sinceramente, ele está certo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário