quarta-feira, 4 de maio de 2016

Os 5 retratos em Hogwarts com que mais temos vontade de conversar



Como todos sabemos, as imagens do mundo mágico possuem vida, e assim como podemos vê-las, elas também podem nos ver e conversar conosco, e muitas delas possuem muito o que compartilhar. Quais seriam, porém, os retratos mais interessantes para se conversar? Descubra isso na tradução do texto postado originalmente no Pottermore.
__________________________________________________________________________


Não há nada imóvel ou quieto no mundo mágico, e as artes plásticas não são exceções.
Cuidado: Spoilers.

As pinturas posicionadas nas paredes do castelo de Hogwarts estão tão envolvidas nos acontecimentos do dia-a-dia como os bruxos e bruxas que passam sob eles. Quer sejam os antigos diretores pendurados no escritório de Dumbledore, ou as imagens dos monges bêbados no corredor de feitiços, retratos mágicos raramente ficam quietos.

Mas quais deles seriam mais interessantes para se engajar em uma conversa depois da aula?



Mulher Gorda
A guardiã da sala comunal da Grifinória tem que passar seus dias pedindo senhas aos alunos, então não é de se impressionar que a Mulher Gorda goste de causar problemas de vez em quando. Às vezes, a Mulher Gorda nem mesmo aparece em seu retrato, preferindo tomar algumas bebidas com sua amiga Violeta, no lugar. Uma inspiração para todos

“─ Bom, eu acho que você devia ─ começou Rony, mas foi interrompido pela Mulher Gorda, que estivera a observá-los sonolenta, e agora explodia:
─ Vocês vão me dar a senha ou terei de ficar acordada a noite inteira esperando que vocês acabem de conversar?”
Harry Potter e a Ordem da Fênix

Brusca mas justa, ela provavelmente tem algo muito importante para nos contar.



Sir Cadogan

Uma lenda bruxa diz que o baixinho tagarela Sir Cadogan era um dos Cavaleiros da Távola Redonda do Rei Arthur. Na prática, isso significa que ele adora de gritar e desafiar as pessoas a duelos.


Apesar do discreto entrave de ser uma pintura, Sir Cadogan não deixa que esse pequeno fator atrapalhe uma boa batalha a moda antiga ─ o que com certeza deixa uma simples caminhada pelo corredor muito mais interessante

“─ Adeus! ─ gritou o cavaleiro, enfiando de repente a cabeça no quadro de uns monges de aspecto sinistro. ─ Adeus, meus camaradas de armas! Se um dia prcisarem de um coração nobre e fibra de aço, chamem Sir Cadogan!
                ─ Ah, sim, chamaremos ─ murmurou Rony quando o cavaleiro foi sumindo de vista ─, mas se um dia precisarmos de um maluco.”
Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban


Fineus Nigellus Black
Sonserino de coração, esse ex-diretor de Hogwarts (e tataravô de Sirius Black) é conhecido por sua inteligência perspicaz e seu sarcasmo arrogante. Sua habilidade de passear entre dois retratos ─ um no escritório de Dumbledore e o outro no Largo Grimmauld ─ o coloca na posição relutante de intermediário.

Hermione carregou um de seus retratos com ela, quando fugiu com Harry e Rony, e Fineus Nigellus usou sua posição para passar informações para o trio e para Snape. Onde quer que o antigo diretor apareça, está sempre pronto para dar um conselho não solicitado ou um retorno sarcástico.

“─ Fineus. Fineus.
                Os retratados que cobriam as paredes do aposento já não fingiam estar dormindo; mexiam-se em suas molduras para ver melhor o que estava acontecendo. Quando o bruxo inteligente continuou a fingir que dormia, alguns deles gritaram o seu nome também.
                ─ Fineus! Fineus! FINEUS!
                Ele não pôde mais fingir; estremeceu teatralmente e arregalou os olhos.
                ─ Alguém me chamou?”
Harry Potter e a Ordem da Fênix


Walburga Black
A mãe de Sirius pode até não ser a pessoa mais divertida com quem se conversar, mas pode ter certeza que ela vai te manter atualizado sobre o seu loop de sentimentos sobre as coisas ─ a maioria das vezes sobre como ela te odeia.


Admitidamente, um retrato que constantemente grita “Ralé!” e “Escória!” não é exatamente fantástico para o feng shui de uma casa, mas você não pode negar que a falecida Sra Black é, pelo menos, um retrato fiel. Apesar de que esse fato talvez seja devido ao Feitiço Adesivo Permanete que a mantém na parede do Largo Grimmauld para sempre.

“─ Ralé! Escória! Filhos da sordidez e da maldade! Mestiços, mutantes, monstros, sumam deste lugar! Como se atrevem a macular a casa de meus antepassados...”
Harry Potter e a Ordem da Fênix


Alvo Dumbledore
No segundo ano de Harry, quando Dumbledore foi expulso da escola por Lúcio Malfoy, o diretor apresentou essas palavras críticas: “você vai descobrir que só terei realmente deixado a escola quando ninguém mais aqui for leal a mim.” Essa declaração durou mesmo depois de sua morte prematura ─ porque mesmo depois de morrer, Dumbledore continuou a exercer certa influência em outros eventos atrás da moldura de seu retrato na sala do diretor.

Sua imagem aconselhou Snape sobre como melhor guiar Harry em seu caminho ─ e providenciou um útil esconderijo para a Espada de Grifinória. E após a derrota de Voldemort, a pintura do diretor ajudu Harry a decidir o destino final da Varinha das Varinhas. Você simplesmente não pode calar um bom Dumbledore.

                “Harry, entretanto, só tinha olhos para o homem pintado no maior retrato logo atrás da cadeira do diretor. As lágrimas escorriam por trás dos oclinhos de meia-lua e penetravam nas longas barbas prateadas, e o orgulho e gratidão que emanavam do bruxo inundaram Harry com o mesmo bálsamo do canto da fênix”
Harry Potter e as Relíquias da Morte



Tradução por: Henrique Scheffer

Um comentário:

  1. Com certeza eu ia querer conversar com o Dumbledore

    ResponderExcluir

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts