Pages

Conheça a "Casa da Bruxa Philomena", Airbnb temático de Harry Potter

Larissa Philomena por Luiza Prado/JC

Parece que os gaúchos são muito sortudos (tomaram Felix Felicis, certeza!). O Rio Grande do Sul, que já contava com a ‘Hector Pizzaria’ e o ‘Café Sala Precisa’, em Gramado e Porto Alegre, respectivamente, tem mais uma experiência temática para os fãs: a ‘Casa da Bruxa Philomena’, um Airbnb na capital gaúcha. Para quem não conhece, o Airbnb é um serviço online de hospedagens, onde você mesmo anuncia vagas em quartos da sua própria casa.


Larissa Philomena/Divulgação

A proprietária do negócio, Larissa Philomena de 28 anos, é fã de Harry Potter desde os 11 anos. Ela trabalhou numa agência de publicidade durante 6 anos e começou a fazer um curso de empreendedorismo, e teve a ideia de abrir um negócio em uma casa que pertence a seu avô. Ao Jornal do Comércio, ela contou que inicialmente tinha pensado em abrir um café, porém, ao visitar o café Sala Precisa, mudou de ideia e decidiu por um Airbnb temático de Harry Potter.

Como o imóvel estava fechado há 10 anos, Larissa disse que foi um processo trabalhoso e longo para deixar tudo nos conformes. No total, foi um ano de trabalho, desde o planejamento à inauguração:

"Fiquei três meses articulando o que fazer, nove meses limpando e pintando junto aos meus familiares porque estava um cenário apocalíptico. Funcionar como Airbnb é prático, não precisa de funcionários, eu mesma preparo tudo"

Philomena gastou cerca de R$ 20 mil reais para tematizar os ambientes, e ela ainda usou os itens que colecionou da saga durantes esses anos. 

 “[...]Muitas coisas que trouxe para cá são da minha coleção. Dói um pouco deixar aqui, mas eu sei que é necessário compartilhar a experiência. Já ter muitas coisas e o imóvel ser da família me ajudou bastante."

Larissa Philomena/Divulgaçao

Larissa contou com a ajuda de amigos e familiares para colocar o projeto em prática e usou o dinheiro da sua rescisão, quando pediu demissão, para reformar a casa:

“Tudo foi feito sem muito investimento. Tive que vender itens pessoais. Larguei o emprego e usei a rescisão para montar o projeto. Não tive ajuda de faxineira, nem pedreiro. Foi tudo comigo e com a ajuda de amigos, meu namorado e meus pais.”

Além disso, vários itens que decoram os ambientes foram feitos artesanalmente pela Larissa, uma vez que ela já tinha um canal no YouTube, no qual ela ensinava a fabricar itens de decoração da saga. E um adendo que não se pode deixar passar: hóspedes têm acesso a todos os filmes e livros de Harry Potter.

Larissa Philomena/Divulgação

A proposta do Airbnb “Casa da Bruxa Philomena”, cujo nome é uma homenagem ao sobrenome da sua família paterna, é para fugir da rotina, e o empreendimento recebe pessoas para passeios e até para ensaios fotográficos. Tem capacidade para até 5 hóspedes e a diária é R$ 250,00. Você pode conferir todos os detalhes no Airbnb aqui e o perfil do Instagram aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário