8.7.16

Confira a entrevista com a cenógrafa de Cursed Child, Christine Jones


















A Correspondente do Pottermore entrevistou a cenógrafa Christine Jones, responsável pelos cenário de "Harry Potter and the Cursed Chil". Confira o que ela tem a dizer sobre o trabalho em nossa tradução do texto!
________________________________________________________________

A premiada cenógrafa Christine Jones fala sobre alguns dos espetáculos fantásticos reservados para o público de Harry Potter and the Cursed Child, partes Um e Dois

Nós estamos correndo para a estréia de gala de Harry Potter and the Cursed Child, partes Um e Dois, em uma velocidade de milhas por hora, e está na hora de celebrar a jornada dessa peça para os palcos.


Nas próximas semanas o Pottermore vai estar “por trás das cenas” de peça com membros do elenco e da equipe de criação para saber mais sobre como essa extraordinária produção foi montada.

Hoje nós vamos olhar de perto o criativo e único cenário da peça, criado pela cenógrafa ganhadora do prêmio Tony, Christine Jones. 


Christine confessou que a tarefa de assumir algo tão grandioso quanto a oitava história de Harry Potter foi algo muito emotivo, especialmente enquanto via o enorme cenário se formando.

‘Eu fiquei maravilhada,’ Christine nos disse. ‘Eu não esperava ficar tão emotiva quanto fiquei. Mas acho que todos nós estivemos trabalhando nesse projeto por mais de um ano e simplesmente investimos muito nisso.’

‘Há essa sensação de estarmos trabalhando com pessoas que amamos, em algo que amamos, para pessoas que amamos. E há muitas emoções que ficaram incorporadas no que produzimos enquanto fazíamos tudo isso.’ 

Christine já trabalhou em outros espetáculos do West End¹, entre eles os musicais “Close to You” eSpring Awakening”, e a peça “Let the Right One In”, essa última junto com Jack Thorne, Steven Hoggett e John Tiffany, que também fazem parte da equipe de Cursed Child.

Em um novo vídeo da equipe de produção de Cursed Child podemos ver mais dos designs criativos que trazem a peça à vida. Tanto os detalhes de palco quanto os de fora dele transbordam com a história de Hogwarts. Dêem uma olhada:


Alguns detalhes estão insinuados na fachada do Palace Theatre. Qualquer um que tenha passado pelo teatro onde a peça está em cartaz, em Londres, provavelmente vai reconhecer que os suportes de lanterna feitos a mão também aparecem no cenário.












Não poderia ser uma história de Harry Potter sem Hogwarts. A partir do momento em que vemos os magníficos painéis de madeira nas paredes ao redor do palco e o papel de parede do auditório do Palace Theatre – adornado com brasões com um triunfante “H” e ilustrações da Espada de Gryffindor - fica claro que a escola tem um papel importante na história.

A produção revelou na última semana que uma frase do romance de 1940 “You Can't Go Home Again “, escrito por Thomas Wolfe, inspirou o visual e a atmosfera do palco:

Uma citação de Thomas Wolfe inspirou esse cenário; ‘Poucos prédios são vastos o bastante para abrigar as impressões do tempo”.²

Do que vimos dos designs de cenário de Christine, eles são ricos em simbolismos e cheios de detalhes. Nós amamos especialmente o fato de que no arco do proscênio é possível ver os ciclos da lua trabalhados em metal.




Embora o vídeo nos dê apenas vislumbres do tipo “se-piscar-você-perde”, as criações de Christine possuem um visual extremamente belo. Veja que outras pequeninas delícias você consegue encontrar.

Harry Potter and the Cursed Child partes Um e Dois é uma nova peça de  Jack Thorne, baseada em uma nova história original de J.K. Rowling, Jack Thorne e John Tiffany. É a oitava história de Harry Potter e a primeira história oficial a ser apresentada no palco. A peça estréia no Palace Theatre, sábado, 30 de julho.

Tradução: Isabel Dain
Legenda: Giuseppe Leôncio

¹ NT: o West End é uma região de Londres famosa por seus pontos turísticos e por seus teatros famosos


² Tradução livre

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts