segunda-feira, 29 de junho de 2015

Especulação: Afinal, qual (não é) o enredo de Harry Potter and the Cursed Child?


Um dia antes da J.K. nos contar pelo Twitter sobre a peça (saiba mais clicando aqui) ficamos sabendo por fontes confiáveis do Daily Mail que seria sobre o período de tempo entre a Primeira Guerra Bruxa até o Harry ir morar com os Dursley, focando bastante em Lily e Tiago. Porém, assim que a Jo anunciou a peça oficialmente, ela deixou bem claro que não é um prequel, ou seja, a história não se passa antes dos livros.

O problema é: a Jo havia dito anteriormente que a peça seria sobre a infância do Harry. Há inclusive uma postagem dela no Facebook de dezembro de 2013 falando sobre (valeu por lembrar, Thiego):

J.K. Rowling is pleased to announce that she is collaborating with the award-winning theatre producers Sonia Friedman...
"Essa nova peça irá explorar a história não contada dos primeiros anos de Harry como um órfão e pária. [...] Essa peça irá oferecer um olhar único dentro do coração e mente do lendário jovem bruxo."

Surgiu então a teoria do SnitchSeeker, a qual diz que tecnicamente a infância do Harry, que é o período que sabíamos que seria levado para os palcos desde o início, não seria uma parte anterior aos livros, mas estendido do livro. A infância do menino-que-sobreviveu com os Dursley é resumida nos primeiros capítulos de Harry Potter e a Pedra Filosofal e se passa entre o primeiro e segundo capítulos do primeiro livro. Tecnicamente a infância do Harry não seria um prequel.

Entretanto, a J.K. parece tão focada em negar que seja um prequel e um tweet em particular pode esclarecer (ou aumentar, na verdade) algumas dúvidas sobre o enrendo da peça. Como dito anteriormente, a própria autora havia dito que a peça seria sobre o passado não contado de Harry, mas ao responder um fã que perguntou: "certo, mas uma peça prequel de Harry Potter não é apenas sobre um garoto britânico órfão triste?"
E a Jo respondeu: "Não se não for um prequel."

Se pararmos para pensar sobre uma peça que conte a infância de Harry, ela seria, de fato, apenas uma peça sobre um garoto britânico órfão triste. O que a Jo negou no tweet acima. A dúvida, portanto, continua.

Sobraria então a ideia de que seria uma nova história, mas a Jo disse que se passa no mesmo universo e portanto segue a mesma cronologia dos sete livros, já que ela desenvolveu a história junto com os responsáveis pelo script.
Qual a sua teoria sobre isso tudo? Deixe nos comentários abaixo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts