3.10.15

In Memorian a Caio Cesar, 27, dublador de Harry Potter, morto pela violência carioca



O trabalho de dublagem surgiu por volta da década de 1930, com a função de levar os filmes de Hollywood aos países que não falavam inglês, através de um sistema que permitia substituir as vozes originais por outras gravadas em estúdio. Os países da Europa foram os primeiros a utilizarem essa invenção.

O Brasil, que utilizava filmes legendados até então, lançou a novidade da dublagem em 1938, com a animação "Branca de Neve e os Sete Anões" (Disney). No ano de 1962, o então presidente Jânio Quadros determinou que todos os filmes transmitidos pela TV deveriam ser dublados.

Embora os anos 1960 tenham sido considerados a “época de ouro da dublagem no Brasil”, ainda hoje ela se faz necessária, tanto na transmissão de desenhos animados e filmes de animação para crianças que ainda estão em fase de alfabetização, quanto na transmissão de filmes para jovens e adultos, visto que 38% da população sofre de analfabetismo funcional e 14 milhões de brasileiros são analfabetos absolutos (dados de 2012).

Visto isso, o trabalho do dublador – que por lei necessita ter registro profissional de ator – torna-se presente e necessário na vida de muitas pessoas. Milhares de crianças, por exemplo, cresceram assistindo os filmes de Harry Potter na versão dublada e se familiarizaram com vozes que se tornaram conhecidas.

Na última quarta-feira (30), Caio César Ignacio Cardoso de Melo – Caio César –, de 27 anos, dublador do personagem Harry Potter, foi baleado no pescoço enquanto estava em serviço, numa ação da UPP Fazendinha, na cidade Rio de Janeiro. O dublador deixou uma filha de 10 anos.

A polícia do Rio de Janeiro tenta controlar a área comandada pelas facções de tráfico, que se iniciaram por volta da década de 1970. A pacificação vem, nesse sentido, com o objetivo de retomar os territórios, expulsar os grupos criminosos e integrar as comunidades à cidade. Quem sofre com tudo isso é a própria comunidade, que fica no meio do fogo cruzado.

Não cabe aqui retratar a necessidade da segurança pública nessas comunidades – que precisam mais do que pacificação para viver como cidadãos de bem e sem serem rotulados pela sociedade –, tampouco salientar que a secretaria de segurança pública do Rio de Janeiro defende a polícia militarizada autoritária e põe isso à prova através da segurança recuada em situações pontuais.

Contudo, quando a morte de pessoas de bem que vivem nessas comunidades não sensibiliza as autoridades, torna-se necessário lembrar que a morte de um policial militar, pai de uma criança e que exercia seu trabalho pelo desejo de proteger a sociedade - mesmo quando a família pedia para que este abandonasse a função - não pode ser posta em vão.



"Triste em saber que Caio César, a voz brasileira do Harry Potter, morreu aos 27 anos. Minhas condolências à família " - J.K. Rowling



A morte de Caio comoveu muitas pessoas, não só pelo serviço junto à segurança pública, mas também por seu trabalho na dublagem brasileira. Muitos não conheciam sobre sua vida além do empréstimo de sua voz a personagens como Harry Potter, Sokka (Avatar: A Lenda de Aang), Diego Bustamante (Rebelde) ou Botas (Dora Aventureira).

"Com seu imenso talento, Caio contribuiu para o carinho que público sente pelo personagem e pelo sucesso da franquia. Foi um prazer ter Caio na família Warner Bros. Pictures Brasil em todos estes anos. Ele se tornou a voz de Harry Potter para uma geração de fãs e estará sempre em nossos corações."
- Warner Bros. Pictures Brasil. 
Cabe aqui deixar os nossos préstimos e sentimentos à família, nossa homenagem a Caio, que tinha o sonho de ser PM, mas nunca deixou de ser dublador, que emprestou sua voz tão sublime a personagens que marcaram nossa infância e juventude. Obrigado, Caio César.


As opiniões expressas nesse texto são de Carlos Ferreira.

Referências

Quando surgiu a dublagem no Brasil e no mundo?

Opinião: Analfabetismo funcional
Para entender o processo de pacificação das favelas do Rio

'Morreria feliz em combate', disse à família policial que dublou Harry Potter


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts