sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

O legado de Alan Rickman



Infelizmente, como nós Potterheads já sabemos, Alan Rickman partiu no último dia 14. O ator que interpretou brilhantemente Severo Snape faleceu jovem, com apenas 69 anos, deixando para trás uma legião de fãs, tanto anônimos quanto artistas tão talentosos e conhecidos como ele. 

Como já contado nesse post, Alan iniciou sua carreira como ator tardiamente, porém isso não o impediu de fazer trabalhos incríveis e que merecem ser lembrados pelos fãs e que lhe rendeu prêmios, como um Emmy e um Globo de Ouro de Melhor Ator em Minissérie ou Filme, por seu papel em Rasputin (1996), além de um BAFTA de Melhor Ator Coadjuvante, por Robin Hood: O Príncipe dos Ladrões (1991).

Além de sua extensa filmografia, Alan também estrelou no teatro. Em 1998, ele deu vida ao personagem Marco Antônio, na peça Antony and Cleopatra, de William Shakespeare. Já em 2001, ele estreou, com o papel princiapal, a peça de comédia romântica do dramaturgo Noel Coward, Private Lives. A princípio, ela era exibida no Albery Theatre em Londres, porém seu sucesso foi tão grande que foi transferida para a Broadway. Ao todo, ela ganhou 5 prêmios renomados.

Ainda em sua carreira teatral, em 2011, Rickman atuou em Seminar, originalmente de Theresa Rebeck. Por esse trabalho, o ator foi eleito Melhor Ator pelo site broadway.com e foi nomeado para o Drama League Awards.

(Imagem disponível aqui

The Winter Guest (ou Um Momento de Afeto, em português), foi o primeiro filme escrito e dirigido por Alan Rickman. Lançado em 1997, o drama conta com Emma Thompson e Phyllida Law como protagonistas. Seu enredo conta a história de Frances, uma fotógrafa recém enviuvada que pretende mudar-se para a Austrália com seu filho adolescente, porém, após um reencontro com sua mãe, seus planos mudam completamente.

 
(Imagem disponível aqui

Em A Little Chaos (Um Pouco de Caos, 2014), além de dirigir, Alan Rickman também atuou nesse filme, que teve como protagonista Kate Winslet. O longa conta a história do arquiteto André Le Notre, que foi contratado pelo Rei Luís XIV - papel de Alan - para projetar o jardim do Palácio de Versalhes. André, por sua vez, contrata uma paisagista para lhe ajudar, Sabine - interpretada pela Kate - no qual ele se apaixona. Porém, o rapaz vive um casamento de fachada e a jovem sofre com traumas do passado, fatos que os impedem de tocar suas vidas amorosas.

(Imagem disponível aqui

Vale relembrar também seu trabalho em todos os filmes de Harry Potter: deu vida a Severo Snape, o personagem que todos ficam na dúvida se amam ou odeiam no decorrer de toda a história. Logo no primeiro filme, J.K. Rowling contou para Alan toda a história de Snape e ela a manteve em segredo até o último filme (sendo leal a J.K. como Snape a Lílian). Esse fato fez com que ele se dedicasse ainda mais ao personagem pois coube a ele dar a dramaticidade necessária ao professor Snape.

Um detalhe pouco conhecido de sua vida é que aos 19 anos, Alan conheceu Rima Horton, que viria a ser sua primeira namorada. Eles viveram juntos desde 1977 e, depois de quase 50 anos juntos, casaram-se ano passado, em uma cerimônia secreta em Nova Iorque.

Alan Rickman e Rima Horton
(Imagem disponível aqui)

Nesse ano, ainda teremos a oportunidade de apreciar um trabalho inédito de Alan Rickman, pois o ator emprestou sua voz à lagarta do filme "Alice Através dos Espelhos". O longa estreia em 26 de maio. Ele foi um grande nome no cinema e marcou a vida de muitos artistas ao seu redor, como mostrado nesse outro post. O ator deixou um extenso legado e irá deixar muita saudade.

------------------------------------------
As opiniões expressas nesse texto são de Flavia Kurotori.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts