7.10.16

O que a cidade de Nova York significa para o elenco de Animais Fantásticos















O Pottermore conversou com parte do elenco de Animais Fantásticos e Onde Habitam para descobrir o que eles tem a dizer sobre a cidade de Nova York, local em que o filme se passa. E é claro que traduzimos tudo pra vocês, é só conferir abaixo:


_____________________________________________________________

Eddie Redmayne, Carmen Ejogo e Dan Fogler tem algumas coisinhas a dizer sobre onde o filme se passa.

Tem alguma coisa na cidade de Nova Iorque. É diferente de qualquer outro lugar no mundo: enérgica, nervosa, progressiva, diversa, criativa e sempre acordada. As pessoas falam sobre ela com reverência de má vontade, como se a amassem contra a vontade. Como se fosse um vício.

Os verdadeiros Nova-iorquinos têm a cidade em seu sangue. É assim que Nova Iorque funciona: você a herda, depois você trabalha duro para manter seu lugar lá. Para o resto de nós, Nova Iorque é uma cidade feita de sonhos americanos – partidos, resgatados e realizados. É onde filmes são gravados, mercados entram em colapso, romances são escritos, estrelas se fazem na Broadway e as ruas estão entulhadas de táxis amarelos-canário. 




















Talvez por isso J.K. Rowling tenha escolhido ambientar seu primeiro roteiro de cinema, Animais Fantásticos e Onde Habitam, em Nova Iorque. Talvez por ser tão rica em cultura, tão irresistível como cenário, especialmente em uma época como os anos 1920. É a cidade para a qual nenhum de nós consegue parar de olhar.

E, no fim das contas, diversos membros do elenco de Animais Fantásticos têm suas próprias ligações pessoais com Nova Iorque. Katherine Waterston estudou teatro na Tisch School of the Arts, que faz parte da NYU (Universidade de Nova Iorque) e estrelou, entre outras produções, no sucesso Off-Broadway¹ Bachelorette.

Dan Fogler encontrou sua fama na Broadway na produção musical chamada The 25th Annual Putnam County Spelling Bee, em um personagem pelo qual ele ganhou um Tony². “Eu sou só um cara de Nova Iorque”, ele me diz, por telefone, do Brooklin. “Eu estou aqui na minha pequena varanda em Nova Iorque nesse exato momento”.

Um dos primeiros papéis de Alison Sudol foi no seriado CSI:NY e Ezra Miller ensaiou como cantor de ópera no teatro The Metropolitan Opera, conhecido como The Met.

Katherine, Dan, Alison e Ezra, todos já vivenciaram aquele amor irreprimível por Nova Iorque e todos tiveram momentos significativos de suas carreiras acontecendo lá. É um lugar especial.














Mesmo o ator britânico Eddie Redmayne tem uma doce ligação com a cidade – ligação que o ajudou a se preparar para seu papel como Newt Scamander, o magizooligista que chega de navio a Nova Iorque vindo da Inglaterra. “Minha avó foi de navio para Boston, via Nova Iorque, poucos anos depois de Newt”, ele me disse. “Então ela pode me contar todos os detalhes de estar em um daqueles navios e isso foi meio que maravilhoso”. 

Outro britânico no elenco que tem uma conexão especial com Nova Iorque é Carmen Ejogo, que vive lá com sua família. Quando nos falamos ela estava vestida como seu personagem, Serafina Picquery, tendo acabado de sair do cenário do MACUSA. Na história, o MACUSA  funciona do lado de fora do prédio Woolworth Building, em Nova Iorque, embora as filmagens tenham de fato sido feitas nos estúdios de Leavesden, na Inglaterra.

Deve ser estranho, eu digo, pegar um avião de Nova Iorque pra Inglaterra pra atuar em um filme que se passa em Nova Iorque. 

‘É tão bizarro ser uma atriz britânica que veio de Nova Iorque pra interpretar uma americana, em Londres... Tá tudo invertido!” Ela diz, rindo. “ Mas felizmente eu estou no meio de um número suficiente de americanos no set e os cenários são tão realistas que é realmente ‘minha casa longe de casa’. Eu estou totalmente convencida de que estou em casa [em Nova Iorque].’ 














Nova Iorque não é especial para Carmen só porque é onde ela dorme. É especial pele mesma razão que é atraente para o resto de nós: porque muitos momentos icônicos do cinema aconteceram lá.

‘Eu sempre fui fascinada por aquela cidade’, diz Carmen. ‘Eu cresci vendo Nova Iorque em filmes antes de vir pra cá e eu tenho essa imagem de como é, particularmente de como era nos anos 20.

'Eu amo o fato de que esse filme está reinterpretando Nova Iorque para outra geração e para todos nós de certa maneira e dando sua própria versão de uma cidade que tantos de  nós amamos”.

E isso é precisamente o que acontece quando uma história de J.K. Rowling se desenrola em uma cidade familiar. Com os filmes de Harry Potter nós vimos o Reino Unido reimaginado magicamente com pequenos vislumbres de “Londres dos Trouxas”. Dessa vez nós veremos Nova Iorque – a cidade que todos pensamos que conhecemos tão bem – de uma maneira que nunca vimos antes.

¹NT: Em Nova Iorque está localizado o grande e famoso circuito de Teatros conhecido como Broadway, pelo qual passaram e passam diversas produções muito famosas.  Os Teatros da Off-Broadway são fora desse circuito, embora próximos, e apresentam produções que costumam ser um pouco menores e mais baratas, ainda que maiores e mais caras que as do circuito Off-off-Broadway.

² Tony Awards, ou apenas Tony, é o maior prêmio de teatro dos Estado Unidos, equivalente ao Oscar no cinema. 














Tradução: Isabel Dain




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recentes

recentposts

Leia também!

randomposts